Corrida da Fórmula Indy custa mais do que o previsto

Prefeitura de SP estimava gastar R$ 5,5 milhões a menos com obras

Pelo segundo ano seguido, a Prefeitura de São Paulo gastou mais dinheiro do que o previsto para a realização da etapa brasileira da Indy, diz reportagem do jornal Folha de S. Paulo publicada na edição desta sexta-feira (29).

Para abrigar a prova deste domingo, que acontece no entorno do Anhembi, a estimativa do prefeito Gilberto Kassab, às vésperas da edição passada, era a de que fossem gastos R$ 6 milhões em obras neste ano, já que boa parte da estrutura para o evento estaria pronta. Esse valor, no entanto, ficou bem abaixo do que foi investido no final das contas.

Segundo o prefeito, foram consumidos R$ 11,5 milhões em obras de infraestrutura e construção, como o recapeamento de parte da pista e a melhora no sistema de drenagem da região, além de R$ 4,5 milhões de montagem e desmontagem das estruturas ao redor do circuito, como guard rails e alambrados.

Fonte: Folha.com