CR7 abre contagem, brasileiros brilham, e Real vence jogo

Navas tem atuação de gala no primeiro tempo

Casemiro mencionou diversas vezes o quão difícil era jogar no Estádio de Balaídos - o Celta de Vigo estava invicto na temporada. Pois o Real Madrid, mesmo com desfalques de Benzema, Bale e James, foi lá e venceu um confronto essencial pela liderança do Campeonato Espanhol na nona rodada, neste sábado, por 3 a 1. O placar contou com participação de Cristiano Ronaldo, que abriu a contagem, e dos laterais brasileiros Danilo e Marcelo – o ex-jogador do Santos marcou pela primeira vez no novo clube, enquanto o ex-Fluminense acabou com o sufoco imposto pelos donos da casa aos 50 minutos do segundo tempo. 

Image title

Definitivamente não foi fácil. O Celta finalizou 17 vezes – sete na meta defendida por Keylor Navas, sem dúvidas o melhor jogador de toda a etapa inicial, ironicamente vencida por 2 a 0 pelo Real. O goleiro costarriquenho, dono de ao menos quatro defesas estupendas, só não conseguiu evitar o golaço de Nolito, que incendiou a partida aos 40 minutos. Àquela altura, os Celestes jogavam com um a menos, pois Cabral foi expulso por reclamação aos 12 do segundo tempo, período em que os mandantes se perderam psicologicamente.

Os três pontos colocaram o Real na liderança isolada (21) ao menos até domingo, quando o Barcelona receberá o Eibar e terá a possibilidade de se igualar na pontuação, mas precisaria tirar uma diferença de 12 gols de saldo para ficar à frente no confronto direto. O Celta, por enquanto, é o segundo, com 18, graças ao mesmo critério – aplicou 4 a 1 no Barça no mês passado.

Fonte: Com informações do Globo Esporte