Cristiano Ronaldo quer enfrentar Kaká

O craque português ligou para Kaká logo após o jogo contra Costa do Marfim e espera que o cartão vermelho seja cancelado.

"Foi um gol engraçado."" Após 16 meses de jejum, Cristiano Ronaldo voltou a marcar um gol por Portugal. Não foi decisivo nem bonito, foi exatamente como o craque do Real Madrid definiu.

Cinco gols já haviam saído e nada de o tabu ser quebrado. Não faltaram tentativas, chutes de longe -um até explodiu no travessão.

O gol só veio premiar a boa atuação de Cristiano Ronaldo, eleito pela segunda vez pela organização como o melhor jogador da partida.

"A atuação de Portugal foi muito boa. Estou certo de que todos que gostam de futebol desfrutaram do jogo"", falou Cristiano Ronaldo, que não balançava as redes por seu país havia 16 meses.

E o gol foi chorado. Ele lutou para recuperar a bola, dividiu com o arqueiro, perdeu a noção de onde a bola estava. Ela caiu nas suas costas e, como se fosse algo sobrenatural, pulou por cima da cabeça do português para seu pé. Aí ficou tudo fácil.

Cristiano Ronaldo, que disse antes do jogo não temer o Brasil, falou com Kaká já sobre o duelo. "Liguei para ele. Torço para que cancelem o cartão dado para ele para que possa jogar contra Portugal. Acho que foi injusto o cartão. Vai ser um grande jogo"", disse o português.

Indagado se poderia haver um "jogo de compadres"", pois um empate deixa o Brasil em primeiro e classifica Portugal, além de os atletas poderem evitar lesões e cartões, ele falou: "Não vai ser um amistoso"".

Fonte: Folhapress