Cruzeiro aproveita homem a mais e vira sobre Atlético-PR em jogo disputado no DF

Cruzeiro aproveita homem a mais e vira sobre Atlético-PR em jogo disputado no DF

Com sete pontos, o Cruzeiro lidera provisoriamente o Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro não fez grande partida, mas conquistou a segunda vitória no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, a equipe celeste visitou o Atlético-PR em Brasília ? o time do Sul do País cumpre suspensão pela briga de torcedores contra o Vasco na última rodada de 2013 ? e, com um homem a mais durante praticamente todo o segundo tempo, conseguiu virada para vencer por 3 a 2 pela terceira rodada da competição.

Com sete pontos, o Cruzeiro lidera provisoriamente o Campeonato Brasileiro ? aguarda o fechamento da rodada para confirmar a primeira colocação. Já o Atlético-PR conhece a primeira derrota no certame: fica com quatro pontos, provisoriamente em oitavo.

A equipe de Belo Horizonte terá duelo complicado na próxima rodada: o clássico contra o rival Atlético-MG no Independência às 16h (de Brasília) do domingo. O Atlético-PR, por sua vez, visita o Inter às 18h30 do sábado.

O primeiro tempo do confronto deste sábado começou com muitos erros e poucas jogadas de perigo dos dois times. A situação perdurou até a abertura do placar: aos 23min, Natanael cruzou da esquerda e Éderson acertou bela cabeçada para abrir o placar para o Atlético-PR. Após o gol adversário, o Cruzeiro acordou e partiu para cima do time paranaense. Aos 26min, Wéverton fez um milagre após cabeçada à queima-roupa do zagueiro cruzeirense Bruno Rodrigo.

O goleiro voltou a aparecer bem aos 28min, em chute forte de Luan. Wéverton, entretanto, não evitou o empate aos 35min, em cabeceio forte de Nilton após cobrança de escanteio ? Marcelo ainda voltou a deixar o Atlético-PR novamente na frente aos 40min, em chute forte no canto direito de Fábio.

Na volta para os últimos 45 minutos, a situação do clube rubro-negro ficou mais complicada aos 2min, quando Dráusio foi expulso pelo árbitro após entrada forte em Borges. Com um a mais, a equipe de Minas Gerais se jogou ao ataque e pressionou o adversário sem, entretanto, encontrar espaços para finalizar.

De tanto insistir, o Cruzeiro chegou ao empate aos 29min: Alisson sofreu pênalti e Souza cobrou com força para deixar tudo igual. Com um a mais, o time mineiro diminuiu o ritmo, mas ainda assim alcançou a virada: Marcelo Moreno subiu alto após cruzamento de Marlone para marcar aos 38min da etapa final e garantir a vitória cruzeirense.

Fonte: Terra, www.terra.com.br