Cruzeiro bate o quase rebaixado Sport

Time, que perdia por 2 a 0, chega aos 3 a 2 e deixa Leão agonizando

Thiago Ribeiro diminui o placar aos 19 minutos: início da virada da Raposa O Cruzeiro saiu de campo da Ilha do Retiro não só com uma vitória. A Raposa mostrou que é séria candidata a uma vaga para disputar a Taça Libertadores e seguir até na briga pelo título brasileiro. Numa virada sensacional, após estar perdendo por 2 a 0, derrotou o Sport por 3 a 2 neste sábado.

Os gols de Thiago Ribeiro, Leonardo Silva e Guerrón - Wilson marcou os do Leão - deixaram a equipe num quarto lugar provisório na tabela do Campeonato Brasileiro e praticamente selaram o rebaixamento para a Série B do time pernambucano, que se mantém na lanterna, com 30 pontos ganhos - o resultado provocou, após o fim da partida, a demissão do técnico Péricles Chamusca.

Agora, o time celeste, com 54 pontos ganhos e 16 vitórias, terá de torcer, curiosamente, pela vitória do seu maior rival, o Atlético-MG, sobre o Flamengo, neste domingo, no Mineirão, para seguir no G-4. O Cruzeiro e a equipe carioca têm o mesmo número de pontos ganhos, mas a Raposa leva vantagem no primeiro critério de desempate - número de vitórias.

Ao Sport, resta torcer por um milagre, que nem os torcedores parecem acreditar - alguns choravam e rasgavam os ingressos na Ilha do Retiro, que teve uma cena lamentável: os refletores foram apagados antes de a partida terminar. Na próxima rodada, a 35ª, o Sport vai quarta-feira ao Palestra Itália encarar o Palmeiras. O Cruzeiro receberá no sábado o Grêmio, no Mineirão.

Fonte: GloboEsporte