Cruzeiro e Internacional ficam no empate por 2 a 2 e frustram planos no Campeonato Brasileiro

Cruzeiro e Internacional ficam no empate por 2 a 2 e frustram planos no Campeonato Brasileiro

O time colorado, que teve a chance de ampliar quando vencia a partida e não aproveitou o fato de o adversário ter ficado com um jogador a menos.

Depois de superar duas baixas por contusão e virar a partida em Sete Lagoas, o Cruzeiro cedeu o empate ao Internacional, por 2 a 2, neste sábado, na Arena do Jacaré, e perde os primeiros pontos em casa no Campeonato Brasileiro. O time colorado, que teve a chance de ampliar quando vencia a partida e não aproveitou o fato de o adversário ter ficado com um jogador a menos na reta final, completou o terceiro jogo sem vencer na competição.

O resultado frustrou os planos das duas equipes. Enquanto o Cruzeiro desperdiçou a chance de assumir a liderança isolada, ao menos provisoriamente, o Internacional adiou a reação na competição, depois de dois empates e uma derrota nas últimas três rodadas.

Com o empate, o time mineiro foi a oito pontos e divide a liderança com o Coritiba, que também tem oito pontos, mas joga neste domingo com o Náutico, em Curitiba. O Inter chegou a seis pontos e permaneceu na 11ª posição.

O Cruzeiro iniciou melhor a partida e deu a impressão que pressionaria o adversário. O Internacional tinha dificuldade para sair jogando e não conseguia reter a bola. Aos 7min, Dagoberto, que levou uma pancada na perna direita, deixou o campo para a entrada de Elber.

O Inter equilibrou a partida e conseguiu abrir o placar aos 23min. Otavio tabelou com Fred, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Fábio, que levou se chocou com o meia colorado e sentiu o joelho esquerdo. O time gaúcho cresceu no jogo e criou mais três chances para ampliar.

Aos 30min, Fabrício arrancou, passou por Dedé e chutou cruzado, mas Fábio desviou a escanteio. Logo depois, Willians lançou Fred, que ficou livre, porém foi desarmado pelo goleiro celeste. Aos 36min, Otavio passou fácil pela defesa mineira e a bola passou rente à trave esquerda.

Quando a torcida pedia, em coro, ?raça?, o Cruzeiro empatou a partida com Elber, aos 38min, que passou entre dois marcadores e tocou na saída do goleiro Muriel. O meia, que havia substituído Dagoberto, sentiu um problema na coxa direita no lance do gol e deu lugar ao atacante Luan.

Depois de superar duas baixas por contusão e virar a partida em Sete Lagoas, o Cruzeiro cedeu o empate ao Internacional, por 2 a 2, neste sábado, na Arena do Jacaré, e perde os primeiros pontos em casa no Campeonato Brasileiro. O time colorado, que teve a chance de ampliar quando vencia a partida e não aproveitou o fato de o adversário ter ficado com um jogador a menos na reta final, completou o terceiro jogo sem vencer na competição.


Cruzeiro e Internacional ficam no empate por 2 a 2 e frustram planos no Campeonato Brasileiro

O resultado frustrou os planos das duas equipes. Enquanto o Cruzeiro desperdiçou a chance de assumir a liderança isolada, ao menos provisoriamente, o Internacional adiou a reação na competição, depois de dois empates e uma derrota nas últimas três rodadas.

Com o empate, o time mineiro foi a oito pontos e divide a liderança com o Coritiba, que também tem oito pontos, mas joga neste domingo com o Náutico, em Curitiba. O Inter chegou a seis pontos e permaneceu na 11ª posição.

O Cruzeiro iniciou melhor a partida e deu a impressão que pressionaria o adversário. O Internacional tinha dificuldade para sair jogando e não conseguia reter a bola. Aos 7min, Dagoberto, que levou uma pancada na perna direita, deixou o campo para a entrada de Elber.

O Inter equilibrou a partida e conseguiu abrir o placar aos 23min. Otavio tabelou com Fred, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Fábio, que levou se chocou com o meia colorado e sentiu o joelho esquerdo. O time gaúcho cresceu no jogo e criou mais três chances para ampliar.

Aos 30min, Fabrício arrancou, passou por Dedé e chutou cruzado, mas Fábio desviou a escanteio. Logo depois, Willians lançou Fred, que ficou livre, porém foi desarmado pelo goleiro celeste. Aos 36min, Otavio passou fácil pela defesa mineira e a bola passou rente à trave esquerda.

Quando a torcida pedia, em coro, ?raça?, o Cruzeiro empatou a partida com Elber, aos 38min, que passou entre dois marcadores e tocou na saída do goleiro Muriel. O meia, que havia substituído Dagoberto, sentiu um problema na coxa direita no lance do gol e deu lugar ao atacante Luan.

O Cruzeiro voltou a levar perigo no início do segundo tempo. Em lances seguidos, o time celeste quase virou a partida. Luan arriscou de fora da área e Muriel espalmou para o lado. Em seguida, após cobrança de falta de Egídio, Nilton desviou de cabeça e o goleiro do Inter defendeu bem novamente.

O time celeste manteve a pressão e chegou à virada em cobrança de pênalti. Numa cobrança de escanteio, Rafael Moura tocou a mão na bola, e o árbitro assinalou a infração e mostrou o cartão amarelo para o atacante colorado. Everton Ribeiro cobrou rasteiro no canto esquerdo e marcou.

O Internacional reagiu e conseguiu empatar a partida aos 28min. Gabriel pegou uma sobra fora da área e chutou forte no canto direito de Fábio. Aos 33min, o Cruzeiro ficou com um jogador a menos. Ricardo Goulart, que havia entrado no lugar de Anselmo Ramon, fez falta dura e foi expulso. Porém, o Cruzeiro conseguiu segurar o empate.

Fonte: UOL