Cruzeiro pressiona Ponte Preta, mas sofre gol no fim e empata

Cruzeiro pressiona Ponte Preta, mas sofre gol no fim e empata

Ainda em busca de quebrar recordes no torneio nacional, o Cruzeiro sobe para 75 pontos, na já garantida primeira colocação.

Com o título do Campeonato Brasileiro já garantido, o Cruzeiro saiu atrás no placar na tarde deste domingo, conseguiu a virada com dois gols nos 15 minutos finais do segundo tempo, mas um gol nos acréscimos estragou a festa do clube. A equipe celeste exerceu grande pressão sobre a Ponte Preta em duelo da 35ª rodada disputado em Uberlândia por causa de punição aos mineiros, mas ficou só no empate por 2 a 2.

Ainda em busca de quebrar recordes no torneio nacional, o Cruzeiro sobe para 75 pontos, na já garantida primeira colocação. A Ponte Preta, por sua vez, fica em situação complicada: tem 35 pontos na vice-lanterna, a seis pontos do primeito time fora da zona da degola com apenas mais três jogos para serem disputados.

Antes de retornar a campo pelo Brasileiro, o time do interior de São Paulo tem duelo pela semifinal da Copa Sul-Americana contra o São Paulo no meio desta semana. A Ponte Preta volta a jogar pela competição nacional no próximo domingo, às 17h (de Brasília), em casa contra o Grêmio. Já o Cruzeiro visitará o desesperado Vasco da Gama no próximo fim de semana.

Campeão antecipado, o Cruzeiro foi surpreendido logo aos 4min da primeira etapa em Uberlândia. No primeiro ataque da Ponte Preta no jogo, Fellipe Bastos chutou, Fábio espalmou e Leonardo completou para o gol livre. Depois de sofrer o gol, o time mineiro passou a dominar a partida, com as principais jogadas criadas por Éverton Ribeiro, mas encontrava trabalho para chegar ao gol.

O time celeste dominava a partida, mas apenas rondava a área do clube campineiro e não conseguia criar lances efetivos de perigo. Até o fim do primeiro tempo, as melhores chances de gols foram da Ponte Preta em uma sequência de três lances a partir dos 34min: primeiro, Rildo finalizou duas vezes e foi parado por Fábio em ambas ? na sequência, em escanteio, Fellipe Bastos cabeceou e o goleiro cruzeirense defendeu novamente.

O campeão brasileiro voltou para a segunda etapa empolgada para buscar a virada e foi melhor que a Ponte nos minutos iniciais. Aos 8min, Paulão acertou a trave do goleiro Roberto. Quatro minutos mais tarde, foi a vez de William quase marcar. A pressão mineira continuou e aos 15min Roberto teve que se esticar todo para impedir gol de falta de Júlio Baptista.

Bastante superior em campo e com posse de bola infinitamente superior, o Cruzeiro perdia uma chance atrás da outra ? aos 27min, foi a vez de Vinícius Araújo finalizar em cima de Roberto. O empate finalmente veio aos 30min com o volante Souza, que subiu mais alto que a zaga ponte-pretana após cobrança de escanteio e cabeceou para o gol. A virada ainda viria com um golaço: aos 38min, com finalização forte de Vinícius Araújo sem chances para Roberto.

No fim, quando a vitória cruzeirense já parecia certa, a Ponte Preta, em um contra-ataque despretensioso, acabou deixando tudo igual. O atacante Leonardo saiu na cara do goleiro Fábio aos 46min da etapa final e deu leve toque para empatar a partida, resultado que deixa o time de Campinas ainda em situação complicada.

Fonte: Terra