Cruzeiro tem apenas 20% de chances de chegar às oitavas da Libertadores

Classificação do time para a próxima fase depende de combinações de resultados

O sinal vermelho está ligado na Toca da Raposa. Depois do empate em 2 a 2 nesta quinta-feira, contra o Defensor-URU, a sirene de alerta da Libertadores foi ligada no volume mais alto. Em situação delicada no grupo 5, o time celeste precisa buscar dois bons resultados nas duas rodadas restantes para não ser eliminado na primeira fase, fato que nunca aconteceu nas 14 participações do clube na competição sul-americana. As chances de classificação para o mata-mata são de apenas 20%, de acordo com o matemático Tristão Garcia. O número faz do Cruzeiro o time com menos chances de avançar, abaixo do Flamengo, que tem 23%.

Para chegar lá, o clube tem um grande desafio já na próxima rodada: vencer a Universidade de Chile, em Santiago, no dia 3 de abril. Mas só a vitória fora de casa não basta. Ainda que a Raposa triunfe, uma vitória do Defensor-URU sobre o Real Garcilaso, no Peru, deixaria o time celeste em situação complicada. Se chilenos e uruguaios empatarem na última rodada, a Raposa precisaria construir um saldo de gols maior que da Universidad de Chile, já que Cruzeiro e La U alcançariam os mesmos dez pontos.

O Cruzeiro está hoje em terceiro lugar no grupo, com quatro pontos, três a menos que o Defensor e cinco a menos que a líder La U. O Garcilaso é o lanterna, com três pontos. As contas que o treinador Marcelo Oliveira faz preveem que a Raposa vai chegar aos dez pontos, com duas vitórias. Mais que isso, é preciso acumular um bom saldo de gols (hoje é de apenas 1), para ter tranquilidade no critério de desempate.

- Não acabou ainda. O resultado foi terrível, desastroso, tínhamos 2 a 0 com volume e controle. Mas não acabou. Somos profissionais, vamos absorver, e dependemos de duas vitórias, acredito, para classificar. Temos condições, pelo que o time demonstrou - afirmou Marcelo Oliveira.

Há um panorama que pode dar mais esperanças ao cruzeirense. Para isso, o torcedor celeste precisa torcer pelo Real Garcilaso. Se o lanterna do grupo vencer o Defensor na próxima rodada, no Peru, o Cruzeiro pode empatar com a Universidad de Chile, em Santiago, e ainda assim terá chances de se classificar na rodada final. Para isso, terá que vencer o Garcilaso no Mineirão e contar com um tropeço do Defensor-URU na partida contra La U.

Um terço de chance de eliminação na próxima rodada

Por outro lado, o Cruzeiro tem 33% de chances de ser eliminado da Libertadores já na próxima rodada. Das nove possibilidades de resultados dos confrontos da quarta rodada do grupo 5, três tiram o time celeste da disputa da competição continental. Caso a Raposa empate ou perca da Universidad de Chile, e o Defensor vença o Garcilaso, o time mineiro estará matematicamente fora da competição. Outro resultado que frustra o sonho dos cruzeirenses de conquistar o tricampeonato na América é a derrota para La U e um empate entre peruanos e uruguaios.

Fonte: GloboEsporte.com