Fla perde por 2 a 1, mas escapa do rebaixamento

Com o resultado, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo cai para a 15ª colocação, com 43 pontos

O Flamengo perdeu por 2 a 1 de virada neste domingo para o Cruzeiro, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, mas mesmo assim escapou do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Diego Maurício abriu o placar para os donos da casa, mas Roger e Thiago Ribeiro fizeram para os visitantes.

Com o resultado, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo cai para a 15ª colocação, com 43 pontos, à frente de Atlético-GO e Vitória, ambos com 41. Porém, como goianos e baianos duelam na última rodada, os cariocas perderão, no máximo, uma posição no Nacional. Já o Cruzeiro fica em terceiro, com 66 e remotas chances de título - precisa torcer contra Fluminense, líder com 68, e Corinthians, com 67.

Sob um forte calor em Volta Redonda e sobre um gramado longe das melhores condições, as duas equipes iniciaram o duelo em ritmo lento, arriscando apenas chutes de longe. Empurrado pela torcida, o Flamengo tentou tomar iniciativa e, logo na primeira boa chance, conseguiu abrir o placar: Diego Maurício recebeu bom lançamento de Diogo e tocou sem chances para Fábio.

A partir daí, o jogo ficou nervoso. Marquinhos Paraná fez falta dura em Renato Abreu e os reservas dos donos da casa deixaram o banco para tomarem satisfações, iniciando uma confusão (o volante celeste foi punido com cartão amarelo). Após uma sucessão de infrações e passes errados, os visitantes buscaram a igualdade na bola parada: Roger cobrou falta, a bola desviou na barreira e enganou Marcelo Lomba aos 15min.

O gol animou os cruzeirenses, que, liderados por Montillo, empurraram os rubro-negros para a defesa. Thiago Ribeiro, que chutou para fora aos 35min, e Henrique, que parou no goleiro flamenguista aos 37min, quase marcaram para os mineiros. O time carioca melhorou um pouco no final, mas o máximo que conseguiu foi uma cabeçada de Welinton por cima da meta de Fábio.

O panorama mudaria no segundo tempo. O Flamengo voltou melhor e dominou as ações. Mesmo assim, Wellington Paulista encontrou espaços e criou duas boas chances, uma delas com uma bonita bicicleta espalmada por Lomba. Com Petkovic no lugar de Diogo, a equipe rubro-negra quase empatou em cruzamento de Diego Maurício que passou com muito perigo pelo gol cruzeirense.

No entanto, logo depois, os visitantes buscariam a virada. Aos 24min, Montillo escapou de forte marcação e cruzou para Thiago Ribeiro marcar de cabeça. Com Val Baiano e Correa em campo, o Flamengo se lançou para o ataque em busca da igualdade. Já Cuca trocou Roger por Edcarlos e fechou o Cruzeiro.

Desorganizado, o time da casa tentou criar perigo na base da vontade, mas não conseguia assustar Fábio. Diferentemente dos celestes, que, em rápidos contra-ataques, levaram perigo. Aos 38min, Montillo fez linda jogada e tocou para Wellington Paulista, que perdeu uma chance incrível. Para sorte do atacante, o Cruzeiro segurou o resultado até o final.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 17h (de Brasília). Com chances de classificação à Copa Sul-Americana, o Flamengo pega o Santos na Vila Belmiro. Já o Cruzeiro, sonhando com título, recebe o Palmeiras na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 2 Cruzeiro

Gols

Flamengo: Diego Maurício, aos 9min do primeiro tempo

Cruzeiro: Roger, aos 15min do primeiro tempo, e Thiago Ribeiro, aos 24min do segundo tempo

Ponto Forte do Flamengo

Diego Maurício, que mostrou boa movimentação, além de deixar sua marca

Ponto Forte do Cruzeiro

Montillo: todas as jogadas de perigo do Cruzeiro passam pelos pés do argentino

Ponto Fraco do Flamengo

Errou muitos passes no primeiro tempo e mostrou nervosismo após levar segundo gol

Ponto Fraco do Cruzeiro

Voltou em ritmo lento para a etapa final

Personagem do jogo

Montillo, que comandou o triunfo celeste com uma grande atuação no meio-campo

Esquema Tático do Flamengo

4-4-2

Marcelo Lomba; Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado Willians (Correa), Renato Abreu e Marquinhos (Val Baiano); Diego Maurício e Diogo (Petkovic); técnico Vanderlei Luxemburgo

Esquema Tático do Cruzeiro

4-4-2

Fábio; Jonathan, Gil, Léo e Diego Renan; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger (Edcarlos) e Montillo (Éverton); Thiago Ribeiro (Rômulo) e Wellington Paulista; técnico Cuca

Cartões Amarelos

Flamengo: Diogo

Cruzeiro: Marquinhos Paraná, Henrique e Jonathan

Árbitro

Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)

Local

Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Fonte: Terra, www.terra.com.br