Cruzeiro vence o Atlético-PR em casa e se isola na ponta

Pela sétima vez consecutiva, o Cruzeiro terminou uma partida vitorioso no Campeonato Brasileiro



Pela sétima vez consecutiva, o Cruzeiro terminou uma partida vitorioso no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, a equipe recebeu o Atlético-PR no Mineirão e venceu por 1 a 0 para se manter ainda mais tranquilo na liderança da competição. O resultado abre margem para que não haja preocupação exacerbada na próxima rodada, contra o vice-líder Botafogo e acaba por derrubar a série invicta do time paranaense.

Isso porque o time mineiro agora soma 46 pontos, sete a mais do que o Botafogo, que ainda joga no domingo contra o Santos, às 18h30. Mesmo que o time vença na Vila Belmiro e depois derrote o Cruzeiro, a liderança permanecerá inalterada. Os dois times vão se enfrentar às 21h50 (de Brasília) da quarta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Já o Atlético-PR chega ao terceiro jogo sem vencer ? foram dois empates contra Fluminense e Vasco. É a primeira derrota desde a contratação de Vagner Mancini, no começo de julho. Encerra-se série de 13 jogos sem derrota ? a última foi para o arquirrival Coritiba. Desde então, foram 5 empates e 8 vitórias. O time estaciona nos 35 pontos, ocupando a 4ª colocação

O Cruzeiro começou a partida no Mineirão melhor postado do que o Atlético-PR e desta forma deu menos chances ao adversário. Assim, levou perigo em dois chutes de Mayke, aos 17min e aos 33mn ? o primeiro foi para fora e o outro, Wewerton salvou. Aos 35min, Nilton aproveitou escanteio cobrado pela direita para aparecer por trás da defesa e tocar para as redes, abrindo o marcador.

O primeiro tempo ainda teve uma polêmica. Aos 37min, Ricardo Goulart foi lançado no ataque e tocou por cima de Wewerton para marcar o segundo gol. A arbitragem, no entanto, anotou impedimento no lance. Jogadores dos dois times bateram boca, inclusive com a assistente Katiuscia Mendonça, responsável pela marcação. No segundo tempo, o time mineiro aumentou ainda mais a pressão.

O Cruzeiro quase ampliou em chute de Willian, no 1º minuto, e em cabeçada a queima-roupa de Nilton, a qual Wewerton defendeu de forma impressionante aos 4min. Aos 26min, Ricardo Goulart desviou para trás uma cobrança de falta e acertou o travessão atleticano. Aos 31min, Willian arriscou finalização rasteira e viu Wewerton defender de novo. Sem sofrer muito perigo, o Cruzeiro confirmou a sétima vitória consecutiva.

Fonte: Terra