Cruzeiro vence o Flamengo por 1 a 0 em Minas Gerais

Cruzeiro vence o Flamengo por 1 a 0 em Minas Gerais

O placar magro não refletiu o que foi a partida, marcada por boas defesas dos goleiros Fábio e Marcelo Lomba.

Em um grande jogo em Uberlândia, o Cruzeiro venceu o Flamengo por 1 a 0 e segue em ascensão no Brasileiro, ocupando agora a quinta posição, com 28 pontos. O time carioca, na estreia do técnico Silas, aumentou o seu jejum de vitórias para quatro jogos e, apesar de ainda estar distante da zona do rebaixamento, decai perigosamente na tabela. No fim da quarta-feira, a equipe rubro-negra é a 14ª colocada, com 21 pontos.

O placar magro não refletiu o que foi a partida, marcada por boas defesas dos goleiros Fábio e Marcelo Lomba. Com um ataque mais decisivo que o do seu adversário, o clube celeste levou vantagem e conquistou três pontos com um gol de Robert, aos 9min da primeira etapa.

Na próxima rodada, os dois times jogam no domingo, dia 5 de setembro, ás 16h (horário de Brasília). Como mandante, o Flamengo enfrenta o Santos. Já o Cruzeiro mede forças com o Palmeiras, em São Paulo.

O jogo

O jogo começou aberto e movimentado. Com as duas equipes jogando ofensivamente, o Cruzeiro levava vantagem, por atacar de forma mais organizada. Aos 8min, a zaga flamenguista demonstrou nervosismo quando pressionada, e, por pouco, Thiago Ribeiro não abriu o placar após um recuo precipitado.

Em jogada semelhante, no minuto seguinte, o time mineiro chegou ao gol. Marcelo Lomba conseguiu defender um chute de Thiago Ribeiro, mas a bola ficou viva dentro da área, sem que os defensores rubro-negros conseguissem afastar. Robert pegou rebote e marcou seu segundo gol no Brasileiro.

Aos 14min, o goleiro flamenguista começou a brilhar, com excelente defesa em finalização cruzada de Montillo. Aos 18min, o argentino cruzou pra Robert, que, sozinho na área, não alcançou a bola. Aos 22min, em outra jogada frente a frente com o ex-jogador da Universidad de Chile, o arqueiro do time carioca saiu bem e evitou o segundo gol da equipe celeste.

O Flamengo também chegava ao ataque facilmente, mas não finalizava com qualidade. Aos 23min, Correa perdeu gol feito, livre na área cruzeirense. A primeira conclusão que obrigou Fábio a realizar boa defesa veio aos 35min, quando Diego Maurício dominou na lateral da área, driblou Jonathan e soltou uma bomba.

A etapa inicial ainda reservaria outra grande defesa de Marcelo Lomba. Aos 40min, Henrique tocou para Robert na área e o atacante bateu cruzado, com força, mas parou no goleiro flamenguista.

Logo após a volta do intervalo, o Flamengo criou boa chance para empatar. Renato quase encobriu Fábio, tentando fazer um levantamento para a área. Era um prenúncio de que o cruzeirense teria mais trabalho na sequência.

O goleiro quase foi enganado aos 14min, mas teve reflexo para evitar o empate flamenguista quando a bola desviou em Diego Maurício emcruzamento de Leonardo Moura. Montillo tentou responder aos 23min, tocando de cobertura, mas Marcelo Lomba foi seguro no lance.

O Flamengo foi melhor no segundo tempo até a expulsão do zagueiro Jean, aos 27min, por falta em Thiago Ribeiro. Daí em diante, o time mineiro teve mais tranquilidade para administrar a vantagem sem ser ameaçado.

Nos minutos finais, com Roger em campo, o Cruzeiro ganhou gás e chegou duas vezes ao ataque, mas o placar se manteve magro, não fazendo jus ao jogo movimentado no Parque do Sabiá.

Fonte: Terra, www.terra.com.br