Portal meionorte.com BETA

PUBLICIDADE
ESCONDER
••• atualizado em 29 de Julho de 2012 às 18:29

Cruzeiro vence por 2 a 1 e manda Palmeiras para degola

André Moura
PUBLICADO POR

André Moura


Repórter

Em noite do atacante Borges, o Cruzeiro derrotou, neste domingo, o Palmeiras por 2 a 1 no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG). Com a derrota, o atual campeão da Copa do Brasil permaneceu com apenas dez pontos e terminou a 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro na zona do rebaixamento.

Já a equipe mineira, que havia perdido para o Corinthians na rodada passada, se reabilitou e, com os 23 pontos, voltou a se aproximar do G-4. O Grêmio, último clube do pelotão da frente, tem 24.

Na próxima rodada, os comandados do técnico Celso Roth receberão, no domingo, a Ponte Preta. Já o Palmeiras, no dia anterior, terá pela frente o Internacional, na Arena Barueri, em São Paulo (SP).

O jogo

Jogando em casa, o Cruzeiro começou a partida pressionando o Palmeiras. Aos 4min, Wallyson disparou pela esquerda e bateu colocado. Bruno só acompanhou a bola sair pela linha de fundo. Vinte minutos depois, o argentino Montillo recebeu, levou para o meio e chutou rasteiro. Atento, o goleiro alviverde caiu e espalmou para fora. E, aos 32min, o lateral direito Ceará cobrou falta no travessão.

Encurralada, a equipe paulista - que foi a campo com dois zagueiros e com o atacante Barcos entre os titulares - passou a apostar todas as fichas nos contra-ataques. Mas os meias Daniel Carvalho e Patrik não conseguiram encaixar uma boa trama até o intervalo.

Para piorar, aos 35min, Montillo arrancou e, na entrada da área, tomou um tranco de João Vitor. Pênalti para o Cruzeiro. Os palmeirenses (que haviam discordado da penalidade na partida contra o Bahia, na quinta-feira) contestaram a decisão, alegando que a falta foi fora da área. Alheio às reclamações alviverdes, o atacante Borges ajeitou a bola na marca da cal e converteu.

Em desvantagem no placar, o técnico Luiz Felipe Scolari promoveu a entrada de Obina no lugar de Patrik, deixando a equipe bem mais ofensiva para a etapa complementar. No entanto, foi o Cruzeiro quem balançou as redes novamente. Aos 10min, Tinga chutou e a bola sobrou para Wallyson em posição duvidosa. O atacante cruzou e Borges anotou mais um.

Mesmo depois de sofrer o segundo gol, o Palmeiras se manteve ousado. Maikon Leite entrou no lugar de Daniel Carvalho e, três minutos depois, foi derrubado dentro da área. Barcos cobrou forte e descontou.

A reação alviverde, porém, não se prolongou. Apesar de tentar até o apito final, o time paulista ficou mais perto de tomar o terceiro do que igualar o marcador. Aos 33min, Tinga levou para o meio e arrematou. Bruno defendeu.

FONTE:

COMUNICAR ERRO

Comunique à Redação erros de português, informação ou técnicos encontrados nesta página:

  • Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao Portal Meio Norte
175637,noticias

Manchetes em destaque

ver todas as manchetes
Exibir em:

AKICOMPRO

Redes Sociais