Cuca desabafa e acusa conspiração pró-Corinthians: "abre o olho, Flu"

O pênalti marcado em Ronaldo, aos 40min do segundo tempo, deu a vitória para o Corinthians

O pênalti marcado em Ronaldo, aos 40min do segundo tempo, deu a vitória para o Corinthians na partida deste sábado contra o Cruzeiro, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Polêmica, a marcação revoltou a todos no time mineiro. Visivelmente alterato emocionalmente, o técnico Cuca acusou a existência de uma conspiração pró-Corinthians na disputa pelo título nacional.

"Hoje (sábado) o Corinthians fica mais perto da taça. Peço para o Fluminense abrir o olho, todo mundo deve abrir o olho, porque se eu falar o que penso, terei um gancho muito pesado, então só peço para o Fluminense abrir o olho com a arbitragem. O negócio está muito estranho, mas melhor eu não falar nada", falou Cuca, revoltadíssimo.

As principais acusações do treinador cruzeirense foram em relação, também, à não marcação de dois pênaltis no atacante Thiago Ribeiro, ambos em jogadas com o goleiro Júlio César.

"O pênalti no Thiago (Ribeiro) foi muito mais do que o do Ronaldo. Mas, não adianta reclamar. Enquanto os guris (jogadores) estão lá chorando, o Sandro vai para a casa e, no máximo, pegará um gancho de duas semanas. É acabar com todo um trabalho por causa de uma decisão. É vergonhoso, um absurdo", reclamou o treinador, antes de receber o apoio do presidente do Cruzeiro.

"Esse safado já tentou nos operar no Parque do Sabiá e ele foi escalado, não dá para entender", questionou.

Com 63 pontos, o Corinthians abriu três em relação ao Cruzeiro na tabela de classificação. No entanto, o clube do Parque São Jorge poderá perder a ponta neste domingo, caso o Fluminense vença o Goiás.

Fonte: Terra, www.terra.com.br