D"Alessandro e Juan discutem e são expulsos de treino

D"Alessandro e Juan discutem e são expulsos de treino

Como a situação não parecia se amenizar, o treinador optou por expulsar ambos.

Paulo Roberto Falcão, sempre tão calmo, perdeu a paciência nesta quinta-feira e expulsou D?Alessandro e Juan do treinamento da tarde. O argentino e o zagueiro foram retirados depois de aparentemente discutirem. Falcão percebeu xingamentos de lado a lado. Como a situação não parecia se amenizar, o treinador optou por expulsar ambos.

D?Alessandro ficou contrariado. Primeiro, disse a Falcão, ainda em campo, que não tinha discutido; depois, reclamou de o ato ter sido tomado diante da imprensa. O argentino tirou o colete, que designa o time titular, e caminhou lentamente para fora do campo. No percurso, argumentou com colegas de time, incluindo o último homem no gramado, o goleiro Lauro. Juan, em seguida, também deixou o gramado.

Os dois conversaram no vestiário. D"Alessandro, ao deixar o local, falou com a imprensa no pátio do Beira-Rio. Conversou com toda a paciência com os jornalistas, mas dando claros sinais de incômodo com a situação.

- Não entendi nada, cara. É sempre comigo. É f.... Não aguento mais isso - disse ele.

Aí o argentino entrou no carro, andou alguns metros e falou novamente com a imprensa.

- Não foi nada. Não tenho que explicar nada. Vou explicar o quê?

Pouco depois, foi a vez de Falcão falar com os jornalistas, também no pátio do Beira-Rio, informalmente. Ele explicou o porquê da decisão de expulsar os atletas.

- Eles faltaram com respeito perante o grupo. Eles começaram a se xingar, e tem limite. A instituição está acima disso. Mas já é vida nova - afirmou o treinador.

Falcão disse que sequer pensou em eventuais punições aos atletas. E disse que sempre tomará a mesma atitude em casos parecidos.

Fonte: g1, www.g1.com.br