Anderson Silva pode mudar de ideia e lutar contra Jon Jones

Anderson Silva pode mudar de ideia e lutar contra Jon Jones

Presidente do UFC lembra que Anderson também descartou enfrentar Chael Sonnen pela segunda vez, mas o combate acabou sendo disputado

Os fãs de MMA que querem ver o campeão dos médios do UFC, Anderson Silva, encarando dono do cinturão dos meio-pesados, Jon Jones, podem continuar com a esperança de ver esse duelo um dia. Os dois lutadores se dizem amigos e já se manifestaram contra a realização desta luta, mas o presidente do Ultimate, Dana White, acredita que tudo pode mudar. Principalmente pelo lado do Spider e de seus empresários.

- Essa é a mesma coisa (negar a luta) que diziam sobre Chael Sonnen, você sabe o que quero dizer? Eles falaram que não iam fazer essa luta também. Isso é o que eles fazem cada vez que uma luta (do Anderson) acaba. Começam a falar sobre quem eles não vão lutar e contra quem eles podem lutar - declarou o dirigente, durante entrevista à imprensa americana, nesta quinta-feira, em Los Angeles (EUA).

Dana adredita que o mesmo pode acontecer em relação a Chris Weidman, outro pretendente a adversário que os empresários de Anderson já recusaram. A única certeza que o presidente do UFC tem é que uma luta contra Nick Diaz está completamente descartada. Diaz apareceu como possível adversário depois de anunciar que desistiu da aposentadoria e se oferecer para encarar o brasileiro.

- Eu sei que soa divertido (Anderson x Diaz), mas, se você realmente olhar para a situação, Nick Diaz acaba de perder para (Carlos) no peso-meio-médio. Então, vou lhe dar a oportunidade de subir para os médios e lutar contra o melhor lutador peso por peso do mundo? Em que universo isso faz sentido? - questionou Dana.

A ideia atual do UFC é não marcar uma luta para Anderson Silva antes de novembro. Os dirigentes vão esperar o duelo entre os meio-médios Georges St-Pierre e Carlos Condit para decidir que rumo vão dar para a carreira do Spider. GSP é segundo lutador que há mais tempo detém um cinturão do Ultimate, atrás apenas do brasileiro, e disputava com o campeão dos médios o posto de melhor lutador peso por peso até sofrer uma grave lesão no joelho - o canadense não luta desde abril de 2011.

- Georges St-Pierre e Anderson Silva são considerados os melhores lutadores peso por peso do mundo, e eu acho que, especialmente com a inatividade de GSP, as pessoas consideram agora Silva o melhor. Houve essa discussão por muito tempo, e se GSP não tivesse se machucado, talvez o debate ainda existiria. Mas ele é definitivamente número dois ou três no mundo, dependendo de quem você perguntar. E se Anderson realmente vai fazer uma luta como essa, faria mais sentido com Georges St Pierre do que com Diaz - explicou Dana.

Georges St-Pierre vai enfrentar Carlos Condit no dia 17 de novembro, no UFC 154, em Montreal (CAN). Enquanto o campeão GSP estava machucado, o Ultimate criou um cinturão interino para não deixar a categoria parada, e Condit venceu Nick Diaz em 4 de fevereiro. Agora, ambos vão se enfrentar para unificar os títulos. Ao que tudo indica, o canadense vai ser o próximo rival de Anderson Silva se vencer. A luta seria em um peso combinado que deixasse mais justa a disputa entre os lutadores de peso diferente.

Fonte: Sportv