Daniel Alves faz elogio a Felipão e dá alfinetada em Mano Menezes

Daniel Alves faz elogio a Felipão e dá alfinetada em Mano Menezes

Mano Menezes ficou na seleção brasileira de julho de 2010 a novembro de 2012.

Felipão tem 19 jogos pela seleção brasileira nesta segunda passagem, com 13 vitórias, quatro empates e duas derrotas. Nesse retrospecto ainda tem a conquista invicta da Copa das Confederações. Ao comentar o bom desempenho da Seleção com o treinador, Daniel Alves, direta ou indiretamente, alfinetou Mano Menezes.

- A experiência de já ter disputado outras Copas ajuda. E a gente precisava desse respeito no banco de reservas. Precisávamos que as pessoas olhassem para o banco de reservas e vissem um campeão. Hoje o grupo é dirigido por mais de um campeão do mundo ? declarou o lateral do Barcelona, lembrando também de Parreira.

Mano Menezes ficou na seleção brasileira de julho de 2010 a novembro de 2012. Nesse período, o agora técnico do Corinthians alternou altos e baixos. Com a seleção principal, caiu nas quartas de final da Copa América de 2011. E com a seleção olímpica ficou com a medalha de prata nos Jogos de Londres.

Daniel Alves foi titular na maioria dos jogos da era Mano Menezes, mas ao que parece prefere o estilo de trabalhar de Felipão, com quem também é titular.

- O grande mérito do Felipão é ser um cara espontâneo, que sabe o que quer. O grupo absorveu bem suas ideias. Apesar de jovem, é um grupo rodado. A experiência do Felipão se encaixou na vontade desse grupo. E não falo só futebolisticamente, não, mas também humanamente ? acrescentou o jogador do Barça.

Com a confiança recuperada, segundo Daniel Alves, o Brasil já pode ser considerado favorito em qualquer competição oficial que disputar.

- Estava faltando uma constância nas convocações, ideias claras do que queríamos. Eu acho que, com a experiência do Felipão, ele conseguiu fazer isso num curto período de tempo. Isso nos ajudou a ter hoje um respeito mundial. As pessoas hoje olham o Brasil com respeito. Isso não existia ? finalizou Daniel Alves.

Fonte: GloboEsporte