De volta à Ilha do Retiro, Juninho faz golaço e põe Vasco na liderança do Brasileirão 2012

De volta à Ilha do Retiro, Juninho faz golaço e põe Vasco na liderança do Brasileirão 2012

Em uma partida castigada pelo estado ruim do gramado, Juninho Pernambucano retornou ao seu berço no futebol

Cria das categorias de base do Sport, o meia Juninho Pernambucano voltou à Ilha do Retiro em grande estilo. Na noite desta quarta-feira, o camisa 8 marcou um golaço de falta, de sua forma característica, e anotou o gol na vitória do Vasco por 2 a 0, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Tenorio marcou outro belo gol no fim e completou o marcador.

Em uma partida castigada pelo estado ruim do gramado, Juninho Pernambucano retornou ao seu berço no futebol, após doze anos, e acertou cobrança de falta no ângulo de Magrão, para abrir o marcador aos 22min. O equatoriano Tenorio completou o marcador depois de roubar bola no ataque, deixar o marcador e o arqueiro adversário no chão e completar para o fundo das redes, aos 39min.

Com o triunfo em Recife, o Vasco reencontra o caminho das vitórias após dois empates seguidos sem gols e assume de forma provisória a primeira colocação do Brasileiro. A equipe carioca soma 34 pontos, dois a mais que o Atlético-MG - que enfrenta na quinta-feira o Coritiba fora de casa -, mas com 16 jogos contra 14 do rival mineiro. Os pernambucanos chegam a sexta partida sem ganhar e estão em 15º lugar com 14 pontos, perigosamente próximos à zona de rebaixamento.

Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no fim de semana. No sábado, o Sport recebe o último colocado Figueirense, às 18h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro. Já o Vasco tem a primeira decisão do turno inicial da Série A contra o primeiro colocado Atlético-MG, domingo, às 16h (de Brasília), no castigado gramado de São Januário.

O jogo

A forte chuva que caiu na cidade de Recife castigou o gramado da Ilha do Retiro. Com muitas poças d"água, a qualidade técnica da partida foi muito prejudicada e os dois times pouco fizeram para mudar o enredo do duelo. Mesmo nos poucos momentos de lucidez, os goleiros Magrão e Fernando Prass pouco trabalharam durante os primeiros quarenta e cinco minutos.

O primeiro a criar oportunidade foi o Vasco. Aos 12min, Eder Luis avançou pelo direito, chegou na linha de fundo e cruzou para trás. O centroavante Alecsandro finalizou e a bola acertou a marcação adversária. Já a melhor chance do time pernambucano aconteceu ao 29min. O lateral esquerdo Reinaldo se apresentou no ataque e finalizou firme de fora da área, a bola desviou em Gilberto e quase enganou Fernando Prass.

A chuva não deu trégua na capital pernambucano, mas os times voltaram mais dispostos para os quarenta e cinco minutos finais, com o Sport mais perigoso. Aos 7min, Rivaldo finalizou forte de fora da meia esquerda e a bola passou por cima do gol com muito perigo ao goleiro Fernando Prass. Três minutos depois, Marquinhos Gabriel fez jogada pelo lado direito e cruzou para Moacir desviar de cabeça na primeira trave.

Os donos da casa continuaram melhores e desperdiçaram nova chance aos 14min. Gilberto avançou com a bola e tocou para Rithely. O meio-campista invadiu a área pelo lado esquerdo e finalizou colocado para defesa de Fernando Prass. Sem conseguir criar boas chances, o Vasco respondeu com a bola parada de forma mortal. Aos 22min, Juninho Pernambucano cobrou falta com maestria na entrada da área, acertou o ângulo e marcou um belo gol na Ilha do Retiro para deixar o clube carioca na liderança provisória do Brasileiro.

O Sport partiu com tudo em busca do empate, mas o Vasco esteve mais próximo de ampliar a vantagem. Aos 28min, o equatoriano Tenorio, que entrou no intervalo no lugar de Eder Luis, recebeu passe de Juninho, fintou o goleiro Magrão e finalizou para o gol. Diego Ivo fez bem a cobertura e cortou o lance. Persistente, o atleta estrangeiro conseguiu fechar a conta fora de casa aos 39min. Tenorio roubou bola da defesa adversária, deixou marcador e o goleiro no chão e completou para o fundo das redes.

Fonte: Terra