De volta entre os titulares, Julio César leva goleada e ainda comete pênalti; veja

De volta entre os titulares, Julio César leva goleada e ainda comete pênalti; veja

O goleiro da seleção brasileira teve bastante trabalho no jogo, fazendo algumas boas defesas.

Como na Copa da Inglaterra os confrontos são resolvidos em jogo único, o QPR está eliminado do torneio. Agora, a equipe comandada por Harry Redknapp concentrará seus esforços na segunda divisão do Campeonato Inglês, onde está na terceira colocação, com 46 pontos, apenas um atrás do Burnley, segundo colocado - dois times sobem diretamente para a Premier League.

Nove meses depois, Julio César voltou a estar entre os titulares do Queens Park Rangers. Mas em sua primeira partida na temporada, o brasileiro precisou buscar a bola no fundo do gol em quatro oportunidades. Em jogo da terceira rodada da Copa da Inglaterra, o QPR foi goleado pelo Everton neste sábado, por 4 a 0, com gols de Jelavic (duas vezes), Barkley e Coleman.

O goleiro da seleção brasileira teve bastante trabalho no jogo, fazendo algumas boas defesas. Seu pior momento ocorreu aos 28 minutos do segundo tempo, quando derrubou Oviedo na grande área, cometendo pênalti quando o placar já estava 3 a 0. Para amenizar, Jelavic cobrou no travessão.

Julio voltou a ser titular depois da lesão do dono da vaga, Robert Green. O técnico decidiu dar preferência ao brasileiro para a partida contra o Everton, em vez do reserva imediato Brian Murphy. A última partida do brasileiro pelo QPR havia sido justamente diante dos Toffees, em 13 de abril do ano passado, na reta final do Campeonato Inglês - os londrinos ainda estavam na primeira divisão.

O goleiro terminou a campanha passada como reserva e acabou preterido no início da temporada atual. Em setembro, sofreu uma fratura no dedo da mão esquerda e precisou passar por uma cirurgia, voltando a treinar apenas no fim de outubro.

Pela seleção brasileira, Julio foi o titular na conquista da Copa das Confederações e jogou o último amistoso do ano, contra o Chile, em novembro. Diante da pouca utilização do arqueiro no clube, o técnico Luiz Felipe Scolari chegou a cravar sua convocação para o Mundial deste ano.

Fonte: G1