De volta, Ramires é primeiro a se apresentar à Seleção em Brasília

De volta, Ramires é primeiro a se apresentar à Seleção em Brasília

Após atraso em março e não convocação para a Copa das Confederações, volante do Chelsea comemora o retorno: "Procurar fazer o melhor"

Após toda a polêmica em torno do atraso antes do amistoso do Brasil contra a Rússia e de ter ficado fora da Copa das Confederações, o volante Ramires não perdeu tempo e o foi o primeiro a se apresentar à Seleção, em Brasília, para o amistoso contra a Austrália, no próximo sábado. O jogador desembarcou na capital federal por volta das 11h e, meia-hora depois já estava no hotel onde o time ficará concentrado durante toda a semana.

- Eu já estava perto e acabei sendo o primeiro a chegar. É um trabalho novo que começa e vai ser importante começar com o pé direito - disse o volante do Chelsea, que disputou a Supercopa da Europa na última sexta-feira e estava desde sábado na cidade de Joinvile, em Santa Catarina.

Em março, a seleção brasileira encarou a Itália, em Genebra, na Suíça, sem Ramires, machucado. O jogador, porém, ficou de se apresentar para avaliação em Londres, local da partida contra a Rússia, dias depois. Mas se atrasou e irritou o técnico Luiz Felipe Scolari. Ficou fora da Copa das Confederações e sua mulher publicou nas redes sociais que a CBF era "máfia". Recentemente, o presidente José Maria Marin chegou a insinuar que ele não seria mais chamado.

Convocado novamente, o volante fez questão de ressaltar que o problema está resolvido e que o foco agora está nos dez dias que terá para mostrar trabalho ao técnico Luiz Felipe Scolari.

- O que tinha que ser conversado já foi conversado. E se tiver alguma coisa a mais para conversar, vamos falar durante esta semana. É uma oportunidade de ficar 10 dias com a Seleção e vou procurar fazer o melhor para que continue sendo chamado e continuar na Seleção - disse Ramires.

Cerca de 20 minutos depois de Ramires, o zagueiro Dante, do Bayern de Munique, e o volante Luiz Gustavo, do Wolfsburg, também chegaram ao hotel da Seleção, em Brasília.

De acordo com a programação divulgada pela CBF, os jogadores têm até às 19h30 desta segunda-feira para se apresentarem em Brasília. À noite, a delegação será recebida pela presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. A recepção é uma homenagem ao título da Copa das Confederações, conquistado em junho. Nesta terça-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari comandará o primeiro treino na capital federal, às 15h30, no Centro de Capacitação Física do Corpo de Bombeiros do DF. O Brasil enfrenta a Austrália no sábado, às 16h15, no Estádio Mané Garrincha. Em seguida, o time embarca para Boston, nos Estados Unidos, onde encara Portugal no dia 10 de setembro.

Fonte: G1