Decisão do Paulistão 2012: Ganso vive expectativa para o tricampeonato do Santos

Decisão do Paulistão 2012: Ganso vive expectativa para o tricampeonato do Santos

Ganso ‘ressuscitou’ contra o Guarani

Além de marcar um gol no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, diante do Guarani, no último domingo, no estádio do Morumbi, o meia Paulo Henrique Ganso tem boas recordações do adversário na decisão estadual deste ano. Após viver uma das piores fases de sua carreira, o camisa 10 ressurgiu no Santos após marcar um golaço contra o time de Campinas.

Ganso havia sido rebaixado para as categorias de base em duas oportunidades ? pelos técnicos Leão e Cuca ? quando foi relacionado pelo então técnico interino Serginho Chulapa para o jogo contra o Guarani, válido pela oitava rodada do Paulistão 2009.

O auxiliar Narciso, ex-zagueiro do clube, foi o responsável por convencer Chulapa a desistir de Lúcio Flávio e colocar Ganso na partida. A aposta deu resultado, já que o meia fez um golaço de fora da área e voltou a integrar o time principal.

Naquele ano, Ganso continuou na equipe principal do Santos e foi titular sob o comando de três treinadores: Márcio Fernandes, Vagner Mancini e Vanderlei Luxemburgo.

Entre 2010 e 2011, o camisa 10 brilhou sob os comandos de Dorival Júnior e Muricy Ramalho. Com quatro títulos conquistados em apenas dois anos, Ganso pode chegar ao tricampeonato paulista em cima do Guarani, time que jamais será esquecido pelo craque.

Fonte: Jornal Meio Norte, www.jornalmn.com.br