Deco e ex-técnico português trocam acusações

Deco e ex-técnico português trocam acusações

Deco e Queiroz tiveram uma convivência difícil na África do Sul

O ex-técnico de Portugal, Carlos Queiroz, e o meia luso-brasileiro Deco, atualmente no Fluminense, trocaram duras acusações sobre a convivência de ambos na Copa do Mundo da África do Sul, em declarações à imprensa portuguesa.

Em entrevista à agência Lusa, Queiroz afirmou que Deco é "um ex-jogador em atividade profissional" e disse que o meia devia pedir desculpa aos torcedores portugueses por ter se apresentado à concentração da seleção para a Copa do Mundo "em uma forma miserável".

Depois do empate sem gols entre Portugal e Costa do Marfim, o jogador criticou publicamente as escolhas de Queiroz, que substituiu o jogador aos 15min do segundo tempo.

"Ele devia se preocupar, em primeiro lugar e por honestidade, em dar uma resposta aos torcedores do Fluminense", disparou o técnico.

Deco, por sua vez, disse ao jornal luso Record que Queiroz quis expulsá-lo da seleção durante o Mundial e afirmou que o treinador é "falso". "A convivência foi difícil. Queiroz queria que eu deixasse a seleção, mas isso ele não disse", assegurou.

Deco, que defendeu Portugal em 75 partidas, deixou a seleção depois da Copa, enquanto Queiroz foi demitido em setembro após um início decepcionante nas eliminatórias para a Eurocopa de 2012, sendo substituído por Paulo Bento.

Fonte: Terra, www.terra.com.br