"Depois caem e ficam chorando", diz goleiro Fábio sobre Vasco

O capitão da equipe mineira falou ainda sobre a emoção de jogar.

A situação do Vasco não é uma das melhores. No último sábado o time  perdeu de 3 a 1 para o Cruzeiro no São Januário, somando agora nove partidas sem vencer. Durante a partrida, rojões quase atingiram profissionais da imprensa. O goleiro cruzeirense Fábio Deivson criticou o comportamernto dos torcedores do time a não poupou criticas.

Image title

"Isso prejudica todo mundo que vem ao jogo para torcer. Depois o Vasco é punido e cai para a segunda divisão pela punição, aí ficam chorando, acham que é todo mundo contra o Vasco, mas não é isso não", disse. "Os torcedores não colaboram, aí são julgados, fazem com que o clube perca o mando de campo, jogam sem torcida e prejudicam ainda mais o Vasco", destacou.

O capitão da equipe mineira falou ainda sobre a emoção de jogar e ser reconhecido por seu trabalho.

"É importante a dedicação e o trabalho reconhecido ao longo desses anos, estar presente nesta história, junto de tantos outros jogadores, é algo que me deixa feliz. São momentos que vão ficar guardados sempre. Não só na minha memória, mas na de toda a minha família. Até o meu filho veio hoje acompanhar o jogo, por vontade própria dele. Fico muito feliz, com certeza vai ficar marcado na cabecinha dele", acrescentou.

Os torcedores do Vasco, que já soma nove partidas sem vencer, começaram a xingar e vaiar o time durante a partida. Após o apito final, um rojão foi jogado no campo e , por sorte, não atingiu profissionais da imprensa.

Fonte: Com informações do Terra