Depois de Roberto Carlos, time russo pode levar Jucilei

Volante é cobiçado pelo Anzhi Makhachkala, mesmo time que levou Roberto Carlos

Jucilei dificilmente permanecerá no Corinthians. Nem o frio russo é capaz de desanimar o volante na negociação com o Anzhi Makhachkala, clube que já contratou o lateral-esquerdo Roberto Carlos e agora está disposto a pagar 11 milhões de euros, quase R$ 25 milhões, para tirar mais um atleta do Timão.

- Eles estão oferecendo muita grana. Pode ser um lugar frio, mas tenho a chance de estar milionário aos 25 anos.

Jucilei tem 22 anos e chegou ao Alvinegro paulista após chamar atenção no Corinthians Paranaense. Com boas atuações, integrou também a seleção brasileira de Mano Menezes.

O técnico Tite está preocupado com a reação de Jucilei diante da proposta russa. Durante a semana, o comandante se reuniu com o volante para exigir dedicação exclusiva no Corinthians. A diretoria do clube, por outro lado, ainda nega que tenha sido procurada pelo Anzhi Makhachkala.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Mogi Mirim, nesta quinta-feira (18), Jucilei até exagerou ao provar que continua interessado no Corinthians. Demonstrou publicamente que não gostou de ser substituído por Morais.

- Isso faz parte do futebol. Só balancei a cabeça, de forma negativa. Se o Tite achou que deveria me substituir, ele fez certo. Futebol é assim mesmo.

O clássico contra o Santos, no domingo (20), no Pacaembu, poderá marcar a última aparição de Jucilei com o uniforme do Corinthians. Ele minimizou o fato.

- Ainda tem muita coisa pela frente. Vou conversar com o meu empresário para decidir o futuro. Não posso garantir nada por enquanto. Quem garante alguma coisa é o Corinthians, em conjunto com o meu empresário.

Fonte: R7, www.r7.com