Desafiante de Werdum minimiza pressão de torcida brasileira

Miocic garante estar acostumado com a 'temida' torcida brasileira

Campeão dos pesados do UFC, Fabrício Werdum fará sua segunda defesa de cinturão, diante de Stipe Miocic, em luta que acontece no dia 14 de maio, em Curitiba, no Paraná.

O gaúcho faria uma revanche contra Cain Velasquez, que se lesionou e deu lugar ao croata. Como já lutou no Brasil, em 2014, quando nocauteou Fábio Maldonado, em São Paulo, Miocic garante estar acostumado com a 'temida' torcida brasileira e seus gritos de 'Uh vai morrer'.

- Vai ser uma loucura, todos vão estar gritando comigo, mas está tudo certo. É isso que eles fazem e não fico magoado com isso. Quando eu entrar no octógono, podem fazer o que quiserem que não fará diferença - , declarou, em entrevista ao site "MMA Junkie".

Apesar de estar acostumado com a pressão da torcida brasileira, o croata nunca lutou em um estádio com cerca de 45 mil pessoas, número do público esperado para comparecer ao estádio do Atlético Paranaense.

Stipe reconhece as qualidades do campeão, mas está certo de que voltará com o cinturão dos pesados do UFC para casa. 

- Ele melhorou bastante. O chão dele é ótimo, é um faixa-preta espetacular, além do que sua trocação melhorou muito. Mas trabalhei muito duro para chegar onde estou e não vou para casa sozinho, o cinturão vem comigo - , encerrou.

O card do UFC Curitiba ainda contará com grandes duelos como Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort, Anderson Silva x Uriah Hall, Demian Maia x Matt Brown, entre outros confrontos espetaculares. 


Stipe Miocic (Crédito: Reprodução)
Stipe Miocic (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol