Desempenho do Flamengo surpreende Andrade e Adriano

Andrade não esperava ficar tão próximo ao título de campeão brasileiro

O título de campeão brasileiro está bem próximo do Flamengo - basta vencer o Grêmio domingo, no Maracanã - mas o desempenho do time na reta final do Campeonato Brasileiro surpreendeu os próprios rubro-negros. Ao assumir o comando da equipe no lugar de Cuca (hoje no Fluminense), Andrade estava mais preocupado em descartar o risco de rebaixamento. Alguns jogos depois, a briga passou a ser por uma vaga na Libertadores, e, dali para a disputa do título, foi um pulo.

Tímido por natureza e avesso às "fanfarronices", Andrade era auxiliar-técnico de Cuca, e virou técnico interino quando o antigo treinador foi embora. Para se manter no cargo, teve o apoio de Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, que o efetivou no cargo, contra a vontade da maioria dos dirigentes. "Ainda não ganhamos nada. O Grêmio tem uma equipe forte e não vem ao Rio para fazer turismo. Temos que tomar cuidado com os detalhes e manter a humildade para levantarmos a taça", disse o técnico.

Andrade não esperava ficar tão próximo ao título de campeão brasileiro - que ele conquistou diversas vezes como jogador, por Flamengo e Vasco -, e Adriano também pensava dessa forma. "Na verdade, eu não imaginava que poderíamos chegar tão longe na competição. Agora só falta sermos campeões e eu o artilheiro".

Após o coletivo de cerca de uma hora realizado na tarde desta sexta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis, Adriano disse que está se sentindo bem fisicamente e que a queimadura no pé esquerdo não o incomoda tanto. O destaque do treino foi Zé Roberto. Andrade escalou o seguinte time titular: Bruno; Léo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Toró, Willians e Petkovic; Zé Roberto e Adriano.

Fonte: Terra, www.terra.com.br