Diretor da Copa faz duras críticas a Dunga por ausência de Ronaldinho

Diretor da Copa faz duras críticas a Dunga por ausência de Ronaldinho

Para Jordaan, qualquer pessoa que entenda um pouco de futebol reconhece o talento de Ronaldinho

A não convocação de Ronaldinho pelo técnico da Seleção Brasileira, Dunga, foi duramente criticada pelo diretor-executivo do Comitê Organizador da Copa do Mundo a África do Sul (LOC), Danny Jordaan, que disse que a ausência prejudica o Mundial.

"Às vezes penso que estes treinadores acreditam que são deuses e precisam demonstrar que podem fazer qualquer coisa, boa ou ruim", disse Jordaan, em declarações publicadas pela imprensa sul-africana.

"Ronaldinho é um gênio do futebol com um talento que muito poucos têm", acrescentou Jordaan, que afirmou que alguns treinadores ficam "cegos pelo poder".

Para Jordaan, qualquer pessoa "que entenda um pouco de futebol" reconhece o talento de Ronaldinho, que, depois de ter voltado a apresentar bom futebol, "deveria ter sido aceito (na Seleção) por alguém com a experiência de Dunga".

Jordan se perguntou em voz alta se alguma das outras 31 seleções teria se permitido o luxo de deixar fora de seu elenco o jogador do Milan, duas vezes eleito melhor jogador do mundo, caso tivessem a oportunidade de contar com ele. "Certamente não", disse.

"O Mundial sofrerá com essa decisão que é triste e infeliz", lamentou Jordaan, que comparou o caso de Ronaldinho com os de Cantona e Romário, que ficaram de fora de outras Copas, segundo ele, graças "ao ego de seus treinadores", prejudicando suas próprias equipes e a competição.

Fonte: Terra