Diretoria do Santos está no limite e chega a hora de Ganso sair

A saída do jogador após a Olimpíada será melhor para todos, aposta diretoria.

A negativa de Paulo Henrique Ganso à renovação proposta pelo Santos fez a diretoria do clube chegar a seu limite --e até mesmo concordar com o estafe do meia. O consenso é: a saída do jogador após a Olimpíada será melhor para todos. A diretoria entende que não há mais clima para a permanência de Ganso na Vila Belmiro. Mas promete não facilitar. Para liberá-lo em agosto, exigirá uma compensação financeira razoável.


Diretoria do Santos está no limite de chega a hora de Ganso sair

Fonte: Folha