Santos trabalha para negociar Neymar e já tem proposta feita pelo Barcelona

Pai do craque é contra acerto imediato

Os dirigentes do Santos ignoraram a semana decisiva para o time antes da final do Campeonato Paulista, diante do arquirrival Corinthians, domingo, na Vila Belmiro, e passaram os últimos dias focados na venda de sua principal estrela ? o atacante Neymar.


Diretoria do Santos ignora final do Paulistão e luta para negociar Neymar em reuniões

Apuramos que foram três reuniões em quatro dias. A maioria envolvendo o Comitê Gestor do clube e a cúpula de Neymar. Além deles, também participaram os empresários André Cury e Marcos Malaquias, e o diretor de futebol do Barcelona, da Espanha, Raul Sanllehí. O Santos está decidido a negociar o atleta já no meio deste ano e, inclusive, aprovou a proposta que recebeu do clube catalão.

O valor da oferta é mantido em sigilo, mas é bem inferior ao valor da multa rescisória, avaliada em 65 milhões de euros (cerca de R$ 169 milhões), e foi entregue ao vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues, durante sua viagem de quatro dias na Espanha. Ele viajou exclusivamente para se reunir com o presidente do Barça, Sandro Rosell, e toda cúpula do clube catalão.

O dirigente santista chegou a território espanhol no último dia 9, dois dias antes do primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, no Pacaembu, e retornou na manhã da última segunda-feira. Segundo o Blog do Perrone, a viagem de Odílio causou revolta entre os conselheiros do clube, por causa do momento importante do time.

?O vice-presidente em exercício da presidência foi passear na Espanha, com a família, às vésperas da decisão que nos daria um tetracampeonato paulista? É uma tentativa de informação diversionista em relação a uma possível conversa com o Barcelona sobre a transferência de Neymar? Qualquer das duas hipóteses é ruim?, escreveu em seu blog, Luiz Roberto Serrano, conselheiro da base de apoio ao presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

Com a proposta na mão, o vice-presidente do Santos se reuniu com os integrantes do Comitê Gestor no mesmo dia. Depois disso, a cúpula alvinegra acionou os representantes de Neymar e encararam mais três reuniões para tratar do assunto nesta semana. A última ocorreu no final da tarde desta quinta-feira.

Apesar dos encontros, a ?novela Neymar? está longe do fim. O principal motivo é o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, que está relutante em negociar o filho na próxima janela de transferências. Isso porque o pai e representante do craque santista visa um lucro maior em julho de 2014, data do término do contrato do atleta com o clube.

?É o que falei, o contrato vai até 2014. A família só decidirá o futuro dele após o contrato. Tudo o que apareceu por enquanto é pura especulação. Acerto não tem, existe muitos interesses, mas não tem nada que possa dizer que está fechado?, avisou Wagner Ribeiro, agente do jogador.

Neymar tem contrato com o Santos até julho de 2014, com opção de renovação por mais um mês, caso o time da Vila Belmiro esteja disputando a Copa Libertadores da América. O vínculo do craque com o clube vencia em fevereiro de 2015, mas foi reduzido em agosto de 2011 sob alegação do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro de um ?projeto pioneiro?.

O direitos econômicos de Neymar estão divididos da seguinte forma: 55% pertencem ao Santos, 40% a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, e 5% a Teisa, grupo de empresários formado por alguns conselheiros influentes do clube.

Fonte: UOL