Após contratação de lateral, Flamengo vê mercado complicado

O anúncio da contratação do lateral-esquerdo Magal, há 12 dias, foi o único feito pelo Flamengo desde o fim do Campeonato Brasileiro


Dirigente vê mercado complicado e diz que grupo do Fla está 80% fechado

O anúncio da contratação do lateral-esquerdo Magal, há 12 dias, foi o único feito pelo Flamengo desde o fim do Campeonato Brasileiro. Os negócios para a próxima temporada ocorrem em ritmo lento, e a diretoria pede calma aos torcedores. O diretor de futebol Luiz Augusto Veloso diz que o mercado está concorrido. Ele lembra que no fim de 2010 o clube só contratatou dois reforços para a atual temporada. O meia Vander e o goleiro Felipe foram anunciados no antepenúltimo dia do ano.

- O mercado é complicado. Às vezes, os negócios ocorrem num timing que é diferente do nosso. Estamos trabalhando e por isso optamos por não falar em nomes. Pelo menos eu trabalho assim. Não podemos ficar valorizando jogadores se ainda não fechamos. No ano passado, havia a mesma pressão e terminamos 2010 só com duas contratações: Vander e Felipe. Muita gente criticou, mas depois trouxemos Ronaldinho, Thiago Neves e montamos uma equipe qualificada.

Entre os nomes que estão na lista de reforços que interessam estão o atacante Vagner Love, do CSKA, os zagueiros Bolívar, do Inter, e Rafa Márquez, do New York Red Bulls, e o meia Montillo, do Cruzeiro. Com exceção do jogador colorado, as demais tratativas são consideradas complexas. Para Veloso, não há motivo para alarde.

- Estamos com 70, 80% do grupo fechado. Temos uma equipe com muitos jovens da base à disposição, uma equipe forte.

Fonte: GloboEsporte