DIS negocia com Barça sua parte por Neymar após atrito com Peixe

DIS negocia com Barça sua parte por Neymar após atrito com Peixe

. Uma tentativa de acerto entre o clube brasileiro e a empresa fracassou na última terça.

Santos e DIS estão em pé de guerra por causa do dinheiro da transferência de Neymar. Uma tentativa de acerto entre o clube brasileiro e a empresa fracassou na última terça. Agora os investidores negociam diretamente com o Barcelona. Porém, ameaçam ir à Justiça se não entrarem em acordo até segunda.

Na última reunião, Odílio Rodrigues, presidente em exercício, e um membro do Comitê Gestor santista informaram a Roberto Moreno e Tiago Ferro, ambos da DIS, que o clube não concorda em repassar 40% do valor que recebeu para a empresa. Mas aceita negociar um valor inferior. Isso porque ela comprou sua parte diretamente do jogador, em 2009, e não do alvinegro.

A direção do time paulista também informou para a DIS que receberá 17,1 milhões de euros pela negociação, e não cerca de 28 milhões de euros como divulgado pela imprensa. Isso diminuiria a parte a que a DIS julga ter direito.

Pela versão apresentada pelo Santos, o valor é menor porque nem tudo será pago em dinheiro. Um acordo de cooperação técnica nas categorias de base entrou no negócio valendo entre 7 milhões e 8 milhões de euros, segundo a justificativa apresentada para a DIS. Conforme apurou o blog, a explicação foi que por essa quantia o Barcelona entregará ao Santos segredos de suas categorias de base.

A empresa achou confusa a versão. Desconfia de que se trata de uma forma de diminuir o valor a que ela tem direito. Por isso ameaça entrar na Justiça com um pedido de apresentação de documentos. Assim saberia exatamente o valor que tem a receber. Em seguida, poderia abrir um processo de apropriação indébita de dinheiro.

O caldo só não entornou de vez porque o Barça entrou no circuito. O primeiro lance do espanhóis, recusado pela empresa, foi de 9 milhões de euros, pouco mais de 30% de 28 milhões.

Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa do Santos disse que ?o Santos não confirma e nem comenta publicamente detalhes da negociação envolvendo o atleta Neymar. O contrato possui cláusula de confidencialidade?. A DIS também não quis se pronunciar.

Fonte: UOL