Discussão sobre Neymar quase acaba em briga ao vivo na TV

Mauro Cezar Pereira perdeu a paciência em uma discussão com Paulo Vinícius Coelho, dizendo que o colega estava deturpando seus argumentos


Discussão sobre Neymar quase acaba em briga ao vivo na TV

O clima esquentou na primeira edição do Bate Bola, da ESPN Brasil, desta terça-feira. Mauro Cezar Pereira perdeu a paciência em uma discussão com Paulo Vinícius Coelho, dizendo que o colega estava deturpando seus argumentos. E o vilão da briga foi Neymar.

O assunto do bloco era se a permanência de Neymar no Brasil, apesar do assédio de clubes estrangeiros, era benéfico. Primeiro a falar, Mauro Cézar defendeu que o negócio poderia não ser tão bom para o Santos, já que o clube paulista cede o jogador constantemente à seleção brasileira e, ao fim do contrato, pode perder o jogador para qualquer rival sem compensação financeira.

PVC não chegou a discordar, mas ao comparar Neymar com Fred ou Deco, do Fluminense, irritou bastante o companheiro de bancada: ?Não vou aceitar que você venha aqui e desvirtue o que eu falei. Falei uma coisa ontem, você desvirtuou. E agora novamente. O assunto está encerrado. Termine. É difícil falar uma coisa e a pessoa deturpar o que a gente falou?, esbravejou, evitando contato visual com PVC.

Confira o diálogo:

Mauro Cezar - Não estou falando dos anos 60, não estou falando de jogador chinelinho. Estou falando de um jogador que joga sempre e que o Santos não tem à disposição. Para ficar claro. Quando você faz essa análise, parece que eu disse uma coisa?

PVC - E o Deco é chinelinho?

Mauro Cezar ? O Deco é um jogador que vive machucado.

PVC ? Então não é chinelinho.

Mauro Cezar ? Retiro o Chinelinho. Jogador que vive machucado. Jogador que não esta à disposição do seu técnico. Não é o caso do Neymar.

PVC ? Desculpa, mas eu acho que o paralelo com o Pelé é ilustrativo. Como é o do Zico que está no meu blog. O do Fred não é.

Mauro Cezar ? Mas vamos voltar ao tempo do Friedenreich?

PVC ? Não vou voltar ao tempo do Friedenreich.

Mauro Cezar ? Usando o passado para justificar o presente?

PVC ? Desculpa Mauro, eu deixei você falar até o final.

Mauro Cezar ? Então termina. Só que você está desvirtuando o que eu falei. Não vou aceitar e não concordo. Vai em frente, termine o seu raciocínio e não falo mais nada a respeito disso. Não vou aceitar que você venha aqui e desvirtue o que eu falei. Falei uma coisa ontem, você desvirtuou. E agora novamente. O assunto está encerrado. Termine. É difícil falar uma coisa e a pessoa deturpar o que a gente falou, me desculpa. O assunto está encerrado, termine de falar e eu não quero mais falar a respeito.

PVC- Não estou deturpando, Mauro. A questão é o calendário?

Mauro Cezar ? Isso é outra discussão.

A discussão ainda seguiu por mais alguns segundos, até que João Carlos Albuquerque mandou para os comerciais.

Fonte: UOL