Dívida do Cruzeiro não interfere na estreia de Kleber

Dívida do Cruzeiro não interfere na estreia de Kleber

Palmeiras não mostra preocupação com decisão judicial contra o time mineiro

Despreocupado com uma dívida do Cruzeiro que poderia comprometer o contrato de transferência do Kleber ao Palmeiras, o clube paulista fez questão de ressaltar que nada deverá impedir que o atacante reestreie pelo Verdão na volta do Brasileirão. A Raposa deve aproximadamente R$ 6,5 milhões para o Goytacaz, clube da segunda divisão carioca, pela contratação de Jussiê, em 2001, mas não reconhece a dívida. De acordo com ordem judicial, a equipe mineira não poderia realizar a rescisão do Gladiador.

- Qualquer decisão que impeça a venda de qualquer jogador é impossível e ilegal. Seria uma punição ao atleta, que tem o direito de jogar no lugar que quiser. Na interpretação do Cruzeiro, a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro é confusa. A intenção da juíza é bloquear os créditos do Cruzeiro, e não impedir transferências. Porém, a decisão fala apenas em bloqueio de créditos provenientes do BMG (patrocínio), do Clube dos 13 (cotas de televisão) e da CBF (premiações). Esses créditos estão realmente bloqueados ? explicou o advogado do Cruzeiro, Fabiano Costa.

Não vemos essa decisão com nenhuma preocupação, não vemos razões jurídicas de que isso vá ser um problema"André Sica, advogado do Palmeiras. O clube de Campos dos Goytacazes defende que foi prejudicado pelo atleta e pela Raposa no processo, admitindo ainda que não foi procurado para renegociar o valor da dívida. Em contrapartida, o advogado explicou o processo contra o clube carioca.

- O Cruzeiro está sofrendo uma execução provisória, no valor aproximado de R$ 6,5 milhões. O time carioca entende que merece uma indenização por ser o clube formador do atacante Jussiê, que joga na França. O Cruzeiro não reconhece essa argumentação. O Cruzeiro não vai pagar esse valor. Já entramos com um recurso no STJ. Temos convicção de que teremos os créditos desbloqueados ? acrescentou.

Para o Palmeiras, não há a menor necessidade de criar caso sobre o assunto. Segundo o advogado do Alviverde, André Sica, o atacante já faz parte do elenco do time paulista e a situação da dívida celeste não é preocupante.

- O Palmeiras está bem tranquilo em relação a isso. A decisão (contra o time mineiro) é apelável, pode ter efeito suspensivo se o Cruzeiro entrar com recurso. De maneira alguma essa decisão afetaria o clube paulista. Não vemos essa decisão com nenhuma preocupação, não vemos razões jurídicas de que isso vá ser um problema. O Kleber já está treinando e os contratos já estão assinados ? afirmou.

A Raposa também não mostrou preocupação e fez questão de amenizar a questão, relembrando caso semelhante pelo qual o time já passou.

- O Cruzeiro está tranquilo porque já viveu esse problema. No passado, o América-MG já bloqueou os créditos do Cruzeiro por causa da venda do lateral-direito Evanílson. No fim, obteve uma vitória absoluta ? apontou Costa.

Fonte: Globo Esporte