Dorival crê que bronca foi essencial para vitória do Coxa

Coritiba não apresentou mais combate e deixou o Fluminense

No confronto pela 26? rodada do Campeonato Brasileiro, neste s?bado, depois de um gol logo no come?o do primeiro tempo, o Coritiba n?o apresentou mais combate e deixou o Fluminense dominar o jogo, conseguindo uma virada ainda na etapa inicial.

Mas uma bronca do treinador Dorival Junior, no intervalo do jogo, fez o Coritiba mudar de postura e conseguir uma virada, vencendo por 3 a 2, com dois gols de Keirrison.

E para o comandante, o "pux?o de orelhas" foi essencial para o triunfo alcan?ado depois de quatro rodadas de jejum. "Eu joguei mesmo a responsabilidade nas costas deles e eles foram l? buscar o resultado. Eles tiveram hombridade, assumiram e tiveram capacidade de buscar", disse Dorival.

O treinador declarou ainda que a apatia do time aconteceu em fun??o da repeti??o de erros que vinha cometendo em rodadas anteriores.

"Tem jogos que voc? perde pelo poder de cria??o do advers?rio, mas t?m outros que voc? acaba perdendo pela repeti??o de seus pr?prios erros. T?nhamos o jogo a nosso car?ter, trabalh?vamos bem a bola, conscientes e equilibrados. Em alguns momentos envolvemos o Fluminense, mas em dois lances de uma ingenuidade muito grande, demos a chance de recupera??o", explicou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br