Dorival minimiza atuação fraca de Neymar

Para treinador, o que o jogador já fez pelo Santos precisa ser levado em conta

Ao contrário do que fez contra o São Paulo, quando esbanjou tranquilidade e confiança até quando ficou cara a cara com o experiente Rogério Ceni, o atacante Neymar foi figura apagada no time santista na primeira decisão do Campeonato Paulista.

Bem marcado pelos jogadores do Santo André, às vezes com excesso de virilidade dos zagueiros, o camisa 11 deixou o gramado no intervalo com um saldo negativo: marcas nos tornozelos e olho inchado, fruto de uma queda desajeitada, onde a própria mão acabou atingindo sua vista.

Ao falar sobre a participação da joia na vitória por 3 a 2 sobre o Ramalhão, o técnico Dorival Júnior admitiu que seu jogador não brilhou como de costume, mas não permitiu qualquer crítica negativa à atuação de Neymar.

- Realmente ele não teve uma boa atuação. Acontece que, com dois minutos, ele levou um pisão e, mais tarde, teve a lesão no olho. Não há porque criar qualquer dúvida sobre ele, pois é um jogador que já fez muito pelo clube, um garoto que está apenas começando a conviver com fatos que são normais na carreira de um jogador.

Dorival jogou para as mãos dos médicos alvinegros a escalação de Neymar no jogo contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira (28) à noite, em Belo Horizonte, pela Copa do Brasil.

- Eles verão o que aconteceu com a vista do jogador e preciso esperar antes de tomar uma decisão sobre qual time jogará e se Neymar estará nele.

Fonte: R7, www.r7.com