Duelo entre Palmeiras e São Paulo opõe incômodo jejum em clássicos

Verdão e Tricolor não vencem duelos contra rivais desde a temporada 2012

Vencer o Choque-Rei deste domingo terá ainda mais valor para Palmeiras e São Paulo. Além de superar o primeiro grande duelo do Campeonato Paulista e fortalecer o favoritismo para a conquista do título estadual, quem deixar o Pacaembu com os três pontos quebrará um jejum em clássicos. Verdão e Tricolor não batem um rival desde a temporada 2012.


Duelo entre Palmeiras e São Paulo opõe incômodo jejum em clássicos

Apesar de ter encerrado sua participação contra os grandes de São Paulo em 2013 sem nenhuma derrota - foram quatro empates em confrontos válidos pelo estadual do ano passado -, o último triunfo palmeirense em um clássico aconteceu há quase dois anos, no dia 5 de fevereiro de 2012.

Contra o Santos de Neymar, o Verdão viajou até Presidente Prudente e, com gols de Fernandão e Juninho nos minutos finais da partida, venceu de virada o Alvinegro, ofuscando a festa do craque santista, que havia acabado de marcar seu 100º gol como profissional. Clique aqui e veja os melhores momentos daquele jogo.

? Jogamos quatro clássicos em 2013 e não perdemos nenhum. Tivemos duas bolas na trave e chances de vencer o São Paulo no Morumbi. Contra o Santos, no Pacaembu, também. Estamos preparados e vamos fazer de tudo para vencer ? afirmou o goleiro Fernando Prass.

Contratado em julho do ano passado, o centroavante Alan Kardec ainda não teve a oportunidade de disputar um clássico com a camisa palmeirense. O atacante diminui o retrospecto recente da equipe diante dos rivais e vê o Verdão preparado para encerrar o jejum neste fim de semana.

? Temos de viver do presente. O que passou passou, agora é outro trabalho. Vamos nos preparar e descansar para que possamos chegar com energia carregada no domingo e fazer uma nova história. Serão três pontos muito importantes para nós ? disse.

O mau rendimento em 2013 fez o São Paulo acumular uma sequência de tropeços em clássicos. Em dez duelos contra os rivais, o Tricolor teve seis derrotas e apenas quatro empates. A última vitória aconteceu na rodada final do Brasileirão 2012, quando bateu o Corinthians por 3 a 1, no Pacaembu ? na ocasião, o técnico Ney Franco escalou o time reserva em virtude da decisão da Copa Sul-Americana, disputada três dias depois, contra o Tigre, da Argentina. Clique aqui e veja os melhores momentos da vitória são-paulina sobre o Corinthians.

Mais do que quebrar a sequência ruim, o São Paulo usa o ?Choque-Rei? como um trampolim. Depois de estrear no estadual perdendo para o Bragantino, o Tricolor obteve três vitórias seguidas jogando no Morumbi. Agora, enfrentar como visitante um rival com 100% de aproveitamento no torneio servirá como um teste de fogo para a equipe de Muricy Ramalho.

? É sempre importante vencer os clássicos, existe a rivalidade e a história. Claro que esse jogo seria mais valorizado se acontecesse mais para frente ou no mata-mata. Mas é bom ter um parâmetro e sentir como está o time. É importante testar a equipe ? afirmou o treinador.

No ano passado, São Paulo e Palmeiras empataram por 0 a 0, no Morumbi, pela primeira fase do Paulistão. Na ocasião, o zagueiro Lúcio, hoje no Verdão, foi expulso após fazer uma falta em Valdivia. A última vitória do Tricolor aconteceu no dia 6 de outubro de 2012, pelo Brasileirão. Luis Fabiano, duas vezes, e Denilson marcaram.

? Um clássico sempre mexe, a pressão é muito grande. Se não fizermos uma boa partida contra o Palmeiras vai começar a desconfiança. Precisamos buscar o resultado. Sabemos que uma derrota mexe no ambiente do time, com o clube e com a torcida ? disse o Fabuloso.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com