Dunga é denunciado por expulsão e pode pegar 12 jogos de gancho

Dunga é denunciado por expulsão e pode pegar 12 jogos de gancho

Ao deixar o campo diante do Esportivo, Dunga proferiu acusações para os árbitros e disse que sabia que seria expulso,

O Internacional pode perder o técnico Dunga por 12 jogos por conta da expulsão diante do Esportivo, no último fim de semana. O TJD-RS denunciou o treinador colorado duas vezes no mesmo artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, e o julgamento deve acontecer na próxima semana. Desta forma, ele estálivre para comandar o time colorado na final da Taça Piratini, neste domingo.

Ao deixar o campo diante do Esportivo, Dunga proferiu acusações para os árbitros e disse que sabia que seria expulso, indicando um complô da arbitragem contra ele. Na entrevista pós-jogo, porém, diminuiu o tom das cobranças.

"Vocês querem nos f..., não posso reclamar?", criticou Dunga, conforme relatado na súmula do árbitro Francisco Neto. "Vocês vão se complicar. Fizeram uma reunião lá na associação de árbitros para me f..., vocês querem me f...", consta no documento.

Após analisar a súmula da partida, a produradoria geral do TJD-RS confirmou a dupla denúncia a Dunga, com base no artigo 258, inciso II do CBJD: desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões.

Dunga é réu primário, já que foi sua primeira expulsão. Se levar a pena máxima nas duas acusações, pode ficar até 12 jogos afastado.

O Inter garantiu a participação na final da Taça Piratini com a vitória por 2 a 0 sobre o Esportivo, em Caxias do Sul. A decisão contra o São Luiz será no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí, às 16h (de Brasília) de domingo.

Fonte: Terra