Dunga vê "equilíbrio", mas nega favoritismo

A Seleção Brasileira é tida como uma das favoritas ao Mundial da África do Su

Classificado para a Copa do Mundo de 2010 com três rodadas de antecedência, e cinco títulos mundiais na bagagem, a Seleção Brasileira é tida como uma das favoritas ao Mundial da África do Sul. No entanto, mesmo após a vitória por 1 a 0 sobre a forte Inglaterra, neste sábado, o técnico Dunga descarta qualquer tipo de vantagem da equipe verde e amarela perante os outros adversários.

"Acho que o Brasil está equilibrado, na questão técnica, tática e condicionamento físico. O Brasil não é o favorito. Até pouco tempo nos davam poucas chances. Temos que buscar nosso espaço, nosso jogo sem se preocupar com o favoritismo. O que conta mesmo é dentro de campo, fora de campo não conta", afirmou o treinador após o triunfo sobre a seleção do italiano Fabio Capello.

Mesmo vencendo por 1 a 0 e desperdiçando um pênalti, perdido por Luís Fabiano, Dunga negou que a vitória tenha sido tranquila e aproveitou para elogiar a seleção inglesa.

"Não foi fácil, foi difícil. Além da qualidade dos ingleses, houve uma mudança com a chegada do Capello. É uma equipe sólida. Os jogadores sabem se movimentar muito bem. Tivemos que correr muito para conseguir o resultado", disse Dunga.

O treinador da Seleção Brasileira deu ainda uma dica para os estreantes na Seleção e afirmou que é preciso aproveitar cada oportunidade com a camisa verde e amarela, assim como Nilmar. O atacante do Villarreal foi o responsável pela vitória brasileira ao marcar o único gol da partida.

"Eu falo sempre para todos que o tempo na Seleção parece longo, mas é curto. Tem que aproveitar o momento como se fosse o último", completou o treinador gaúcho.

Fonte: Terra, www.terra.com.br