"É investigado e não exemplo", diz autor de processo contra Neymar

"Nos sentimos traídos e enganados", desabafou o diretor da empresa.

Um dos responsáveis pela negociação de Neymar com o Barcelona, em 2013, o fundo de investimento DIS move processo contra o craque e sua família, acusando o pai do jogador, Neymar Santos, de ter fraudado a negociação. Em entrevista ao jornal espanhol “Marca”, o diretor da DIS, Roberto Moreno, criticou a conduta do atleta e do pai dele. O representante afirmou que o camisa 11 do Barça “não pode ser exemplo para os filhos” de ninguém.

“Nos sentimos traídos e enganados. Nós cuidamos dele quando era uma promessa. Investimos muito dinheiro apesar dos riscos, e chegou um momento em que ele nos enganou. Neymar não pode ser exemplo para nossos filhos, nem um ícone, pois está sendo investigado por evasão e corrupção”,  disse ao jornal.

A DIS detinha parte dos direitos econômicos de Neymar quando o Santos acertou a transferência dele para o Barcelona. O representante do fundo de investimento está na Espanha para audiência da ação movida contra o craque no país europeu. No processo, a DIS declara que a negociação representou em torno de 100 milhões euros, mas, oficialmente, o valor declarado foi de 17,1 milhões de euros.

Neymar (Crédito: Reprodução)
Neymar (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Extra