Edmundo bate em escada e fere homem

Preocupado, o jogador desceu imediatamente do veículo para socorrer o funcionário

Edmundo se envolveu em um acidente nesta quarta-feira, em São Januário, após o fim do treino do Vasco. Ao dar marcha a ré no carro para deixar o estacionamento, o atacante não percebeu uma escada, que era usada por Rafael Santos, de idade não divulgada, contratado de uma empresa terceirizada para consertar o ar-condicionado do clube. O veículo bateu na escada, e o homem caiu de uma altura de aproximadamente quatro metros em cima do capô do carro.

Preocupado, o jogador desceu imediatamente do veículo para socorrer o funcionário e gritou por médicos. Depois, ajudou a carregá-lo em uma maca para o departamento médico do clube. Minutos mais tarde, com uma bolsa de gelo no ombro direito, o funcionário deixou o local.

Encaminhado para uma clínica em São Cristóvão, bairro onde fica São Januário, Rafael Santos foi submetido a uma bateria de exames. Ele foi liberado no fim da tarde, com o braço enfaixado, e já encontra-se em casa.

Há exatos 13 anos e um dia, em 2 de dezembro de 1995, Edmundo se envolveu em um grave acidente no Rio de Janeiro que causou a morte de três pessoas. Ele foi condenado a quatro anos e meio de prisão. O caso ainda transita na Justiça. Em agosto deste ano, o Superior Tribunal de Justiça negou um recurso impetrado pelos advogados do jogador. Edmundo somente poderá ser preso após a decisão final transitar em julgado (quando não há mais possibilidade de recursos).

Fonte: Globo.com