Elano retira do Twitter pedido de desculpas por agressão a auxiliar

Ele discutiu com o trio de arbitragem ao fim da partira e agrediu um dos auxiliares com um chute

O meia Elano foi protagonista de uma confusão após a partida que significou a eliminação do Grêmio para o Millonarios, na quinta-feira, nas quartas de final da Sul-Americana. Junto com outros colegas de time, ele discutiu com o trio de arbitragem ao fim da partira e agrediu um dos auxiliares com um chute. Já durante a madrugada, ele utilizou seu perfil no Twitter para pedir desculpas. Entretanto, na manhã desta sexta ele apagou a postagem temendo chamar atenção para algo que pudesse gerar punição futura.


Elano retira do Twitter pedido de desculpas por agressão a auxiliar

Segundo informações da Rádio Gaúcha, Elano não foi citado pelo árbitro Carlos Vera na súmula do jogo. A Conmebol, diferente da CBF, por exemplo, não disponibiliza o relato do árbitro em seu site oficial.

No entanto, caso realmente não tenha sido citado, o ato de pedir desculpas públicas poderia soar como uma "confissão". Temendo possível julgamento que acarretasse suspensão em jogos da próxima Libertadores, o armador tratou de apagar as palavras.

A frase era simples. "Muito triste ! Desculpa a todos.Errei", postou o jogador por volta das 3h (horário de Brasília). Mas nesta manhã a colocação já não estava mais no perfil oficial do meia.

O jogo entre Grêmio e Millonarios terminou 3 a 1 para os colombianos. A reclamação gremista se dá pelo último gol. Um pênalti cometido por Werley e assinalado aos 48 minutos da etapa final.

A delegação gremista já deixou Bogotá e vai direto para São Paulo, onde no domingo o adversário será a Portuguesa, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19h30 no Canindé.

Fonte: UOL