Em clima de adeus a Tite, Corinthians para no Vasco e chega a seu nono 0 a 0

Em clima de adeus a Tite, Corinthians para no Vasco e chega a seu nono 0 a 0

Com os atacantes novamente sem inspiração, o Corinthians ainda chegou ao 16º empate no Brasileiro.

No primeiro jogo desde que foi anunciada a saída do técnico Tite ao fim da temporada, o Corinthians fez no Pacaembu uma partida similar ao que produziu em muitos jogos do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time alvinegro empatou por 0 a 0 com o Vasco e repetiu o placar sem gols pela nona vez no torneio. Nem mesmo o apoio da torcida ao treinador fez com que a situação se mudasse.

Com os atacantes novamente sem inspiração, o Corinthians ainda chegou ao 16º empate no Brasileiro. Para o Vasco, o resultado significa a manutenção da tensão pela presença na zona de rebaixamento. Os cariocas têm 38 pontos e estão na 18ª posição, a dois do Coritiba, primeiro time fora da zona da degola. Já o Corinthians, com 49 pontos, é o nono colocado.

Ainda com Tite, o time paulista volta a campo no próximo domingo, às 17h, no Maracanã, em partida com o Flamengo. Já o Vasco mantém sua luta contra o rebaixamento em difícil duelo contra o Cruzeiro, também no Maracanã, mas no sábado, às 19h30.

O primeiro tempo no Pacaembu foi bastante truncado, ao estilo dos jogos que Corinthians e Vasco vêm fazendo no Brasileiro. Para os donos da casa, ficou o lamento por perder Alessandro lesionado - Igor entrou em seu lugar. Aos 18min, Renato Augusto teve ótima chance de abrir o placar depois de lançamento de Paulo André, mas a bola bateu na trave direita.

Depois disso, o ritmo da partida caiu bastante. O Vasco criava poucas chances de gol e tinha em Marlone sua melhor arma. A tônica do primeiro tempo foi mesmo evitar ser vazado, como em intervenção do goleiro Alessandro aos 43min depois de falha de Cris.

Depois do intervalo, a situação pouco mudou. O Corinthians tinha poucas chances de ataque, e quando chegava à frente, os atletas ofensivos erravam o arremate. Já o Vasco nem chute a gol conseguia. Tite lançou Danilo ao jogo para tentar mudar o monótono panorama e ao mesmo tempo preservar o físico de Renato Augusto.

Com o tempo passando, o Vasco tentou chegar mais ao ataque, mas demonstrando uma mira ainda pior que a dos atacantes adversários. Aos 36min, Abuda arriscou chute e mandou a bola nas arquibancadas do Pacaembu. Ao fim, sob vaias da torcida, a arbitragem encerrou mais um empate sem gols do Corinthians.

Fonte: Terra