Anderson Silva admite pela 1ª vez que teria lutado lesionado contra Weidman

"Eu realmente estava machucado. Até agora ninguém tinha tocado nesse assunto, mas isso não é desculpa para a minha performance", afirmou.

Neste domingo, em uma coletiva realizada no Rio de Janeiro, o ex-campeão dos pesos-médios do UFC revelou que estava com uma lesão na costela no dia em que enfretou Chris Weidman. Ainda de acordo com lutador, este problema foi bem parecido ao que ele teve na luta contra Sonnen, no UFC 117 - quando foi dominado nos rounds iniciais, conseguindo finalizar nos últimos minutos da luta.

"Eu realmente estava machucado. Até agora ninguém tinha tocado nesse assunto, mas isso não é desculpa para a minha performance. Foi um pouco abaixo da costela que eu tinha fraturado antes da primeira luta contra o Sonnen. E é isso. Eu estava com 85% da minha condição física", declarou.

Anderson, porém, não quis dar mais detalhes. "Não posso falar sobre isso, porque qualquer coisa que eu fale pode ser usada contra mim. É passado."

Agora, ele afirma não ter nenhum tipo de problema físico e já divulgou a data do ínicio de seus treinos para a disputa contra Weidman, no dia 28 de dezembro - quando vai tentar recuperar o cinturão. "Estou bem agora. A partir de quarta-feira começo a treinar para luta", pontou.

Fonte: UOL