Morte de torcedor: São Paulo é condenado a pagar indenização

Morte de torcedor: São Paulo é condenado a pagar indenização

Carlos Rogério Vitorino e Silva sofreu um enfarte antes de uma partida do Paulistão 2007

O São Paulo Futebol Clube foi condenado nesta segunda-feira (4) a pagar uma indenização aos dois filhos de um torcedor que faleceu no Estádio do Morumbi antes do jogo entre o time da casa e o Santo André, pelo Campeonato Paulista de 2007. A decisão é do juiz Dr. Felipe Albertino Nani Viaro, da 3ª Vara Cível da Capital

Momentos antes do inicio daquela partida, o torcedor Carlos Rogério Vitorino e Silva foi acometido por um infarto agudo do miocárdio. Segundo o advogado Ademar Gomes, que representa a família do torcedor , ele teria sido atendido por uma ambulância municipal e não pela ambulância do estádio. Além disso, foi levado a um hospital que fica a mais de 7 quilômetros de distância do Morumbi, quando poderia ter sido encaminhado para outros mais perto, como o São Luiz ou o Albert Einstein.

O Tricolor terá de pagar uma pensão em caráter alimentar no valor de R$ 300,00 mês, mais R$ 400,00 por ano (referente ao 13º salário e adicional de férias) para cada um dos autores, até eles completarem 24 anos de idade e, R$ 100 mil reais a título de dano moral a cada um deles, com incidência de correção monetária, desde a data do evento, mais honorários de sucumbência de 15%, totalizando em moeda corrente de hoje a importância de R$ 555 mil reais.

O advogado dos autores, pretende recorrer do valor da indenização.

Fonte: r7