Em dia de Ganso, São Paulo bate Cruzeiro em casa e fica perto do G-4 pelo Brasileirão

Em dia de Ganso, São Paulo bate Cruzeiro em casa e fica perto do G-4 pelo Brasileirão

Paulo Henrique Ganso acompanhou a partida do Estádio do Morumbi logo depois da apresentação oficial

O São Paulo preparou uma grande festa neste domingo para recepcionar sua mais nova contratação: o meia Paulo Henrique Ganso, adquirido por R$ 23,9 milhões (referentes a 45% dos direitos econômicos) junto ao Santos. E, após o primeiro contato com os torcedores tricolores que foram ao Estádio do Morumbi em mais de 40 mil pessoas, o atleta pôde acompanhar seu novo clube vencer o Cruzeiro por 1 a 0 e encostar ainda mais no G-4 do Campeonato Brasileiro.

Paulo Henrique Ganso acompanhou a partida do Estádio do Morumbi logo depois da apresentação oficial, que contou com entrevista na sala de imprensa tricolor e também volta olímpica no gramado, pouco antes do jogo contra o time celeste. Empolgada, a torcida são-paulina ovacionou o novo reforço, agora dono da camisa 8, que já foi do meio-campista Kaká no início da década passada.

Após a euforia inicial motivada pela presença de Ganso, os torcedores que lotaram as arquibancadas superiores do Morumbi teriam um domingo ainda mais feliz. A equipe tricolor teve uma atuação abaixo da média contra o Cruzeiro, desperdiçando algumas chances na primeira etapa e penando na hora das conclusões, mas jogava melhor que o rival. A melhor chance foi com Lucas, que acertou a trave do goleiro Fábio.

As coisas melhoraram na etapa complementar, com o São Paulo mudando a postura e se lançando ainda mais ao ataque. Acuado, o Cruzeiro parecia feliz com o empate, mas não demorou para sofrer o gol. Foi aos 22min que o time tricolor puxou arrancada pela direita com Douglas, que cruzou de longe, viu o goleiro rival falhar e a bola sobrar na cabeça de Osvaldo, que abriu o placar.

Depois, o São Paulo tratou de administrar o resultado e ainda teve boas chances de ampliar, apesar de ter desperdiçado todas. Lucas, inspirado, era o que mais levantava a torcida com dribles e arrancadas, assim como Osvaldo, outro que vivia feliz. Já o Cruzeiro não vivia um bom dia e errava muitos passes com Tinga e Montillo, perdidos em campo. Assim, o árbitro apitou o fim do jogo com o resultado favorável aos paulistas.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 42 pontos, manteve a quinta posição na tabela de classificação e diminuiu a diferença para o Vasco, agora de dois pontos apenas. O clube cruzmaltino neste domingo ficou no 0 a 0 contra a Ponte Preta, em Campinas. Mesmo assim, o time paulista ainda está fora do grupo que se classificaria à próxima Copa Libertadores da América.

Agora, a equipe do Estádio do Morumbi volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, quando encara o Coritiba, no Estádio Couto Pereira. Os paranaenses se encontram em situação delicada na tabela, na briga contra o rebaixamento. Contudo, antes disso a equipe tricolor enfrenta a LDU de Loja, pela Sul-Americana.

O Cruzeiro, por sua vez, segue distante dos quatro primeiros colocados do torneio Nacional, com 35 pontos. A equipe mineira permaneceu na oitava posição e entra em campo novamente no próximo sábado, contra o Internacional, no Estádio do Melão, precisando vencer para não se distanciar ainda mais dos líderes.

Ficha técnica

SÃO PAULO 1 x 0 CRUZEIRO

Gols

SÃO PAULO:

Osvaldo, aos 22min do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rhodolfo, Paulo Miranda e Cortez; Denílson, Lucas, Jádson e Maicon (Wellington); Osvaldo e Willian José (Ademilson)

Treinador: Ney Franco

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan; Charles (Lucas Silva), Marcelo Oliveira, Montillo e Wallyson (Souza); Tinga e Wellington Paulista (Borges)

Treinador: Celso Roth

Cartões amarelos

SÃO PAULO: Denílson, Wellington, Paulo Miranda e Maicon

CRUZEIRO: Wellington Paulista, Charles, Thiago Carvalho, Lucas Silva e Diego Renan

Cartões vermelhos

CRUZEIRO: Lucas Silva

Árbitro

Wagner do Nascimento Magalhães

Local

Estádio do Morumbi (SP)

Fonte: Terra