Vasco empata com Timão e segue líder do Brasileirão

Vasco empata com Timão e segue líder do Brasileirão

O resultado não interfere nas primeiras posições da tabela já que o Vasco segue na ponta sendo perseguido pelo vice-líder Corinthians

No confronto entre as duas melhores equipes no Campeonato Brasileiro, Vasco e Corinthians empataram por 2 a 2, em equilibrada partida no Estádio de São Januário, neste domingo, válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não interfere nas primeiras posições da tabela já que o Vasco segue na ponta sendo perseguido pelo vice-líder Corinthians. Os dois times possuem 50 e 48 pontos, respectivamente.

O Vasco contou com um retorno importante ao time neste domingo. O atacante Éder Luis voltou aos titulares e formou o setor com Elton. Quem também esteve entre os onze iniciais no confronto foi o zagueiro Renato Silva que era dúvida devido a dores no joelho direito.

Pelo lado do Corinthians, a equipe ficou sem uma referência, já que Liedson, com dores crônicas no joelho, e Emerson, suspenso, não estiveram à disposição do treinador. Dessa forma, a dupla de ataque foi formada por Willian e Jorge Henrique, sendo municiados por Danilo e Alex.

Os desfalques e o retorno de jogadores para este jogo fizeram diferença na primeira etapa. Após o time carioca abrir o marcador com Dedé aproveitando cobrança de escanteio, o Corinthians empatou com um gol construído, justamente, pelos seus meias. Alex recebeu assistência de Danilo e marcou. No final do equilibrado primeiro tempo, os cariocas ficaram em vantagem após Fagner aproveitar belo passe de Éder Luís.

Na etapa final, o duelo diminuiu o ritmo e as duas equipes não mostravam a mesma qualidade do primeiro tempo. Apesar disso, o Corinthians conseguiu chegar ao gol de empate com Danilo após bom cruzamento de Willian. No final, o duelo ficou bastante movimentado, com as duas equipes criando oportunidades de gol, sobretudo os visitantes. Porém, a igualdade seguiu até o apito final.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Vasco visitará o Internacional, no Beira-Rio, às 16h (de Brasília) de domingo. No mesmo dia, o Corinthians receberá o Atlético-GO, no Pacaembu, às 18h.

Com gol no fim, Vasco fica à frente em primeiro tempo disputado

Valendo a liderança do Brasileiro, o confronto começou bastante estudado, sem as duas equipes se arriscando no ataque. Com muitos passes no meio de campo, ninguém tomava a iniciativa durante os instantes iniciais.

A primeira oportunidade veio com os mandantes aos 7min, quando Juninho alçou bola na área, Elton ganhou de Paulo André e cabeceou para a defesa de Júlio César, fazendo a torcida se animar no São Januário. No entanto, a resposta dos paulistas veio dois minutos depois: Paulinho levantou da esquerda e Leandro Castán cabeceou na trave da meta adversária. Porém, a arbitragem já havia marcado o impedimento no lance.

Os lances de perigo animaram as duas equipes, que passaram a se soltar mais na partida e jogavam com mais velocidade. Assim, aos 15min, o time cruz-maltino abriu o marcador, após uma jogada de bola parada. O experiente Juninho cobrou escanteio da direita, o zagueiro Dedé cabeceou entre Alessandro e Paulo André e a bola entrou no canto esquerdo, sem chances para Júlio César.

A torcida vascaína mal comemorou o gol e pouco depois já viu o time sofrer o empate. Aos 20min, Danilo foi lançado na direita em contra-golpe e, na saída de Fernando Prass, tocou para o meio da área, de onde Alex completou para as redes.

Apesar do equilíbrio, o confronto passou a ter poucos momentos de emoção. Por um lado, Diego Souza não fazia grande partida e, assim, o Vasco criava pouco, apostando em jogadas pelo lado do campo, sobretudo com Éder Luís. Já o time paulista, sentia a falta de um atacante que ficasse mais na área, o que comprometia o desempenho ofensivo e fazia com que a equipe apostasse em passes rápidos.

No final do primeiro tempo ocorreu um lance polêmico. Aos 36min, Jorge Henrique foi acionado na área, tocou de cabeça e a bola acertou o braço de Fagner. O árbitro marcou apenas o escanteio.

Ainda antes do intervalo, as duas equipes tiveram um bom momento cada. Aos 37min, Alex levantou da esquerda, Willian escorou de cabeça na primeira trave e Paulinho completou ao lado do alvo, assustando o goleiro Fernando Prass. Um minuto depois, Juninho cobrou falta da esquerda e Júlio César espalmou pela linha de fundo.

Quando parecia que a igualdade por 1 a 1 iria para o intervalo, os vascaínos mostraram o motivo de serem líderes e ficaram novamente à frente no marcador. Aos 46min, Éder Luís fez grande passe em velocidade para Fagner, o ex-corintiano apareceu livre e tocou com categoria para tirar de Júlio César e definir o placar da etapa inicial.

Início frio e final emocionante: Corinthians busca o empate

Na volta do intervalo, o técnico interino Cristovão Borges trocou de atacante: Elton deixou o gramado para a entrada de Alecsandro. Já o Corinthians seguiu o mesmo. Apesar da mudança, o segundo tempo iniciou sem muita criatividade por parte dos dois times. Assim, o que marcou os primeiros minutos foi uma nova troca na equipe cruz-maltina. Juninho sentiu lesão e foi substituído por Allan logo aos 6min

Em vantagem no marcador, o Vasco aproveitou o ritmo lento da partida para administrar a vantagem, enquanto o Corinthians tinha muita dificuldade no campo de ataque e não levava perigo aos mandantes. A primeira boa oportunidade na etapa final veio aos 13min, quando Diego Souza recebeu na área, escapou da marcação de Alessandro e exigiu boa intervenção de Júlio César. Dois minutos depois, os mandantes voltaram a assustar o adversário. Após cobrança de escanteio, Dedé cabeceou entre Alessandro e Paulo André (assim como no primeiro gol vascaíno) e mandou à direita do alvo.

Com pouca criatividade e sem conseguir trabalhar a bola no campo de ataque, o Corinthians levou perigo apenas em um chute de fora da área de Alex, que Fernando Prass defendeu em dois tempo, e em uma cobrança de falta que Paulinho, na pequena área, não conseguiu desviar. Porém, mesmo com dificuldade para pressionar a equipe da casa, o Corinthians chegou ao empate. Aos 21min, Willian cruzou bem da direita e Danilo apareceu livre para cabecear para as redes.

Seis minutos depois, o time paulista quase virou o placar em um lance parecido com o seu segundo gol. Willian levantou da direita e Danilo cabeceou próximo da trave esquerda. Porém, aos 29min, o Vasco respondeu, quando Fagner cruzou da direita e Alecsandro desviou para o fundo do gol. No entanto, o auxiliar assinalou a posição irregular do atacante.

Conforme o duelo se aproximava do fim, as chances de gol apareciam cada vez mais, principalmente, pelo lado da equipe visitante. Aos 30min, Jorge Henrique alçou bola na área da esquerda, Danilo cabeceou e Fernando Prass fez defesa espetacular. Três minutos depois, Willian arriscou depois de receber passe de Alex e mandou por cima da meta.

Aos 38min, Márcio Careca arriscou de fora da área e mandou sobre o gol. Um minuto depois, Willian recebeu bom passe de Edenílson na área, driblou Márcio Careca e chutou na rede pelo lado de fora. Apesar do final emocionante, ninguém conseguiu mais movimentar o marcador.

Fonte: Terra, www.terra.com.br