Em GP com chuva e paralisações, Hamilton vence e adia título

Na disputa deste domingo houve muita chuva e duas paralisaçòes

Muita chuva, duas paralisações, vaias do público e o título de 2016 da Fórmula 1 ainda em disputa. Em um dia que podia terminar com festa para Nico Rosberg e Felipe Massa, a vitória de Lewis Hamilton em uma prova bastante tumultuada e encerrada pelo limite de tempo adiou a decisão para Abu Dhabi. Favorecido por suas bandeiras vermelhas e muitas voltas sob o safety car, o inglês mal foi ameaçado por Rosberg, que terminou em segundo. Em seu adeus, Massa não foi bem, bateu e saiu da pista chorando, produzindo a cena mais bonita da tarde ao chegar ao pit lane aplaudido por mecânicos de todas as escuderias.

O público, como em todo o fim de semana, aplaudiu e apoiou o piloto da Williams, que dá adeus à Fórmula 1 após 14 temporadas. Mas quem foi a Interlagos não ficou exatamente feliz com o que viu, e não por causa de Massa. A cautela da FIA, que deu duas bandeiras vermelhas por conta da chuva, tirou a paciência da torcida, que vaiou bastante durante os mais de 40 minutos em que os pilotos ficaram recolhidos nos boxes.

 Lewis Hamilton vence, mas decisão fica para próxima rodada
Lewis Hamilton vence, mas decisão fica para Abu Dhabi

Quando a corrida foi finalmente reiniciada, as disputas foram menos intensas do que poderiam, com seguidos acidentes forçando a entrada do safety car. Favorecido por isso, Hamilton liderou de ponta a ponta e chegou a 355, contra 367 do ainda líder Rosberg. Para ser campeã em Abu Dhabi, última corrida do ano, resta ao alemão precisa só de um terceiro lugar nos Emirados Árabes.

A dobradinha foi um prêmio à cautela da Mercedes, que em nenhum momento quis se arriscar e deixou toda a ação do pelotão de frente para Verstappen, da Red Bull. O holandês largou em quarto, mas produziu todas as melhores ultrapassagens da tarde e foi premiado com um belo terceiro lugar, conquistado no finzinho em uma bela disputa com Sergio Perez.


Luis Hamilton vence e adia decisão do títulod a Fórmula 1
Luis Hamilton vence e adia decisão do títulod a Fórmula 1

Felipe Nasr, em sua melhor prova no ano, terminou na nona posição, um desempenho excelente para quem largou na última colocação e ainda briga para estar no grid em 2017. "Mais que isso, eu não deixei de acreditar. No Brasil é oportunidade com o clima assim, eu sabia que ia conseguir manter o carro na pista. A equipe fez o trabalho completo e mais uma vez que chegou para mim eu soube aproveitar", comentou o piloto da Sauber em entrevista à Rede Globo. 

"O Alonso põe pressão toda volta. Eu tinha uma distância suficiente. Eu trouxe no limite. Mas é isso, eu mantive meu foco, meu objetivo e acreditei até o final. Eu consegui aproveitar a oportunidade mostrando para todo mundo o motivo que eu vim aqui. Quero continuar na Fórmula-1", completou. 

Fonte: Uol