Em jogo com apenas 350 pagantes, Flamengo sofre prejuízo de R$ 63 mil

Mesmo não sendo o mandante da partida, o Flamengo teve de assumir integralmente a dívida do confronto

A presença de apenas 350 pagantes na vitória do Flamengo sobre o Bonsucesso nesta quarta-feira gerou um saldo negativo de R$ R$ 63.785,68 ao clube rubro-negro, conforme divulgado no borderô da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). O valor é referente aos custos operacionais da partida, válida pela 12ª rodada do Campeonato Carioca no Estádio Raulino de Oliveira, e não inclui despesas com viagem e hospedagem.

Mesmo não sendo o mandante da partida, o Flamengo teve de assumir integralmente a dívida do confronto, assim como prevê o regulamento do campeonato, no artigo 77, parágrafo 4º. O jogo contou apenas com 350 pagantes (456 presentes no total), com uma renda de R$ 11.710,00. No confronto, a receita líquida teve um déficit de R$ 57.435,68, além do custo de R$ 6.350,00 do exame antidoping.

Neste Carioca, o Flamengo também já havia jogado com um público bastante reduzido. Em jogo da sexta rodada, o time rubro-negro venceu o Boavista por 5 a 2 diante de apenas 991 pagantes, em Moça Bonita. Em outra ocasião, apenas 2.487 torcedores pagaram para assistir a Flamengo e Madureira, no Maracanã, pior púbico do estádio desde a reabertura, no meio de ano passado.

Confira na íntegra o parágrafo 4º do artigo 77:

"Nas partidas em que qualquer dos clubes, que não os chamados grandes, for detentor do mando de campo e obrigado jogar fora do seu estádio com um dos clubes grandes (Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo), em função de transmissão de televisão, o déficit apurado no borderô da partida será suportado integralmente pelo clube grande que for seu adversário na partida correspondente."

Fonte: Terra