Em jogo-treino, Brasil vence os reservas do Barcelona

Em jogo-treino, Brasil vence os reservas do Barcelona

Foi dessa maneira que o Brasil encontrou seus dois primeiros gols

A Seleção Brasileira venceu nesta terça-feira, por 3 a 0, o jogo-treino contra o Barcelona B, na Ciudad Deportiva - CT do clube catalão -, encerrando o período de atividades que a equipe realiza no país europeu. Os treinamentos tiveram início na última sexta-feira.

A equipe da casa entrou em campo com seus jogadores reservas, pois atuou no último fim de semana pela segunda divisão do Campeonato Espanhol. O Brasil, por sua vez, entrou com Phillippe Coutinho no lugar de Hernanes, ficando com: Diego Alves; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Ramires, Carlos Eduardo e Philippe Coutinho; Alexandre Pato e Robinho (capitão).

Com Coutinho, a Seleção começou o jogo-treino mais ofensiva, lembrando a formação que venceu os EUA por 2 a 0 em agosto na estréia de Mano Menezes. Coutinho atuava como um ponta pela direita, como fez Neymar na última partida. Robinho, por sua vez, jogava pela esquerda com Pato centralizado na área.

Foi dessa maneira que o Brasil encontrou seus dois primeiros gols. Aos 11min, Lucas recebeu passe de Robinho e fez o primeiro. Dois minutos depois, o volante do Liverpool roubou a bola, tocou para Philippe Coutinho, que deixou Pato na cara do gol para marcar o segundo.

A Seleção pressionava a saída de bola do adversário e perdeu outras grandes oportunidades com Ramires e Pato. Depois, Coutinho recuou um pouco mais, atuando ao lado de Carlos Eduardo no meio-campo. O Brasil diminuiu o ritmo, mas ainda assim manteve a vantagem na etapa inicial.

No segundo tempo, com o time considerado reserva em campo - e com o Barcelona B já com alguns titulares -, o jogo se equilibrou. Poucas chances foram criadas e a partida ficou marcada por muita pegada. Os atletas chegaram a se desentender em alguns momentos, mas nenhuma confusão aconteceu.

Aos 25min, Mano fez sua última alteração, colocando o jovem goleiro Gabriel, 17 anos, no lugar de Diego Alves, único titular que permanecera na equipe na volta para o segundo tempo.

Aos 36min, Fernandinho recebeu de André na entrada da área e chutou cruzado, ampliando a vantagem da Seleção.

Além de Mano Menezes observar os jogadores brasileiros, o técnico da equipe principal do clube catalão, Josep Guardiola, também assistiu à partida. O zagueiro Carles Puyol, campeão do mundo com a Espanha na África do Sul, também estava presente no local, além dos brasileiros Mazinho e Edmilson, campeões mundiais com o Brasil em 1994 e 2002, respectivamente.

Mazinho, aliás, além de assistir ao jogo, foi ao CT para acompanhar seu filho, Rafael Alcântara, atleta do Barcelona B que entrou no segundo tempo do confronto.

Fonte: Terra, www.terra.com.br