Em julgamento, Eurico é apenas advertido por conta de reclamações

Julgamento no STJD absolve Eurico Miranda

Na tarde desta quinta-feira (29), Eurico Miranda foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por conta das citações sobre Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol.

Assim como este último citado, o mandatário cruz-maltino foi apenas advertido.

Eurico havia sido enquadrado nos artigos 243-D e 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por ato de desrespeito e ofensa à equipe de arbitragem. A pena máxima era de 180 dias e a mínima de 15. No entanto, o presidente foi absolvido no primeiro e apenas advertido no segundo.

Image title

Fonte: Esporte Interativo