Em Minas, Cruzeiro cai diante do Vitória e segue fora do G-4

No duelo deste domingo, o clube celeste entrou em campo com camisas amarelas, mas não deu sorte

Atuando diante de sua torcida, no Ipatingão, o Cruzeiro sucumbiu diante do Vitória e foi derrotado por 1 a 0, gol de Júnior, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado deixou a equipe mineira estacionada na tabela com 21 pontos, enquanto o time rubro-negro alcançou os 20 pontos e briga por uma vaga na Sul-Americana.

No duelo deste domingo, o clube celeste entrou em campo com camisas amarelas, mas não deu sorte. O Vitória começou melhor e quase chegou ao gol quando o zagueiro cruzeirense Edcarlos falhou ao sair jogando errado. Henrique aproveitou a bobeada, invadiu a área adversária e chutou por cima do gol.

A equipe celeste seguia com o domínio de bola, mas não conseguia dar continuidade às jogadas. Montillo ia bem no meio de campo controlando o jogo e Thiago Ribeiro buscava pelo lado direito.

A primeira grande chance veio apenas aos 35min, com o próprio Thiago. O atacante mandou a bola na área para Wellington Paulista cabecear no chão e obrigar Viáfara a fazer uma ótima defesa.

O Cruzeiro chegou ao gol aos 40min, depois da cobranca de escanteio da esquerda. No entanto, após a bola entrar direto na meta do Vitória, o árbitro anulou o lance, alegando falta de ataque do clube mineiro.

Em seguida, no finzinho da etapa inicial, quase o time baiano abre o placar. Eduardo cruzou na medida para Elkeson cabecear bem e levar perigo para às traves do goleiro Fábio.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo disposto a buscar o triunfo. Logo aos 5min, Romulo abriu na direita para Thiago Ribeiro cruzar na medida para Wellington Paulista, que deu uma meia bicicleta e mandou por cima.

Dois minutos depois, o Vitória abriu o placar. Júnior arriscou um chute de fora da área com a perna esquerda e fez o único gol do confronto.

Após o tento do time baiano, a equipe recuou e o Cruzeiro foi para cima. No entanto, penava na hora de finalizar e não conseguia passar pela forte defesa adversária.

No contra-ataque, aos 30min, quase o Vitória ampliou. Bida roubou a bola da zaga cruzeirense, driblou o goleiro Fábio e cruzou para trás, mas ninguém acompanhou o lance e o clube rubro-negro desperdiçou uma grande chance.

Quando tudo seguia para o final do confronto, dois jogadores ainda foram expulsos de campo. Primeiro, Thiago Ribeiro, aos 34. Depois, Anderson Martins, aos 42.

No último lance, aos 49min do segundo tempo, Wellington Paulista quase empatou. Em cobrança de falta, o atacante recebeu na área e cabeceou com força, mas Viáfara fez grande defesa e decretou o triunfo da equipe baiana.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Corinthians, na quarta-feira, às 22h, no Parque do Sabiá. O Vitória, por sua vez, encara o Guarani, no Barradão, na quinta-feira.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 0 x 1 Vitória

Gols

Vitória: Júnior, aos 7min do segundo tempo Ponto Forte do Cruzeiro

Thiago Ribeiro, apesar de expulso, buscou o jogo no campo de ataque

Ponto Forte do Vitória

Fora de casa, soube jogar no contra-ataque

Ponto Fraco do Cruzeiro

Ficou preso no meio de campo e não soube criar jogadas de perigo

Ponto Fraco do Vitória

Perdeu algumas boas chances de gol

Personagem do jogo

Viáfara, que fez boas defesas no gol do Vitória

Esquema Tático do Cruzeiro

4-4-2

Fábio; Rômulo (Caçapa), Gil, Edcarlos, Diego Renan (Wallyson); Henrique, Fabrício, Montillo, Jones (Roger); Thiago Ribeiro e Wellington PaulistaTécnico: Cuca

Esquema Tático do Vitória

4-4-2

Viáfara; Eduardo, Reniê, Anderson Martins e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Bida, Henrique (Soares); Elkeson (Renato) e Júnior (Gabriel Paulista)Técnico: Toninho Cecílio

Cartões Amarelos

Cruzeiro: Fabrício

Vitória: Ricardo Conceição e Soares

Cartões Vermelhos

Cruzeiro: Thiago Ribeiro

Vitória: Anderson Martins

Árbitro

Francisco Carlos Nascimento (AL)

Local

Ipatingão, em Ipatinga (MG)

Fonte: Terra, www.terra.com.br